Logotipo do Planeta Educação

Fazer busca detalhada


A Semana - Editorial (119) artigos
Ordenar artigos por:    Título | Subtítulo | Autor | Data     
  • [ CONAE 2014 – Alguma coisa se move na Educação Brasileira ]
    Wanda Camargo
  • [ Pré-Escola Obrigatória até 2016 ]
    Direito das Famílias ou das Crianças?
    Art. 4o: Educação básica obrigatória e gratuita dos 4 (quatro) aos 17 (dezessete) anos de idade, organizada da seguinte forma: pré-escola, ensino fundamental e ensino médio. Diário da União, 04/04/2013. A lei sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, publicada no Diário da União no último dia 04, exigirá a matrícula de crianças no ensino infantil a partir dos 4 anos de idade. A notícia foi recebida com alegria por muitas famílias que anseiam ter um lugar seguro para deixar seus filhos no momento de saírem para trabalhar.
  • [ A Língua como Apoio a Todas as Disciplinas Curriculares ]
    Interações que Transformam
    A língua é muito mais do que a expressão do pensamento, ela está inteiramente relacionada às ações humanas. Considerando isso, todo o conhecimento que se pretende fazer com que os alunos formem em si precisa passar por essa reflexão. Assim como a língua não é isolada de um contexto, o ensino de qualquer disciplina curricular na escola também não conseguirá grandes sucessos se for apenas exposto, despejado sem ponderação.
  • [ Dicas de incentivo à Leitura na Escola ]
    Meios e Técnicas que Visam ao Despertamento do Comportamento Leitor
    Desafio de muitos professores, a leitura, em muitas escolas tem se visto em “maus lençóis”. Há alunos que, simplesmente, dormem nas aulas dedicadas ao despertamento do comportamento leitor. Tudo isso tende a deixar muitos professores desmotivados, mas, acalmem-se, há meios para vencer esses obstáculos.
  • [ Os Desafios Atuais da Educação Brasileira ]
    Métodos de Ensino e Aprendizagem
    A educação brasileira sempre se viu desafiada frente a importantes temas, tais como a qualidade da educação básica, o acesso à educação superior e a formação de seus professores. Além desses temas que já há muito estão sendo discutidos, há grande destaque para as metas do PNE (Plano Nacional de Educação), no qual grandes e polêmicos desafios se mostram a nossa educação.
  • [ Dia da Mulher em Sala de Aula ]
    Possibilidades para uma Abordagem Contextualizada
    Que tal levar para sua aula materiais que abordam o Dia da Mulher? Diferente do que pode parecer, a temática não se destina apenas ao público feminino. Quando as pessoas olham para a história da mulher, elas olham para dentro de si mesmas, passando a enxergar algo muito importante na vida de qualquer um: a conquista da liberdade. A liberdade é fundamental e indispensável a uma vida feliz. Ser humano nenhum foi feito para viver aprisionado.
  • [ Bater Educa? ]
    Considerações e Desafios
    Primeiramente, a intenção deste artigo é apenas mostrar algumas faces de um assunto polêmico, mas que precisa ser abordado por quaisquer que trabalhem com a área educacional, entendendo aqui, entre outros, pais, professores, coordenadores e gestores da educação. É fato facilmente constatado que as pessoas têm sempre muita pressa para tudo, e conversar, tentar compreender e discutir pontos de vista são práticas que demandam muito tempo.
  • [ É Mesmo Bom Ser Vida "Loka"? ]
    Conselhos e Reflexões para uma Vida Independente
    Ao sair “pesado” por aí, você deixa em casa sua mãe aflita e angustiada, buscando agarrar-se em qualquer sinal de fé, rogando por sua proteção. Os “peixes” e as “onças” que “compram” as delícias necessárias a sua vida “loka” não vão aliviar a sensação de impotência que ficará no coração de seu pai ao deparar-se com a ineficácia de seus conselhos. A alegria ao ver seus “concorrentes” se definharem em inveja e revolta passarão tão logo que o mal-estar da ressaca invadir todo seu organismo, diminuindo drasticamente sua qualidade de vida.
  • [ O que as Pessoas Buscam nas Redes Sociais? ]
    O Mundo da Aparência e Facilidades
    No mundo real, é muito complicado manter boas aparências. É um grande desafio manter-se penteado o dia todo, andar como se estivesse desfilando, ter sempre a resposta na ponta da língua para qualquer situação... Uma simples mentira parece ser um dos maiores desafios, pois qualquer um sabe desestruturar o mentiroso com a simples técnica do “olho no olho”.
  • [ Por que as Famílias não Vão às Reuniões Escolares? ]
    Participação dos Pais junto aos Professores nas Escolas
    Segundo a LDB (Lei de Diretrizes e Bases-Lei 9.39496), “a educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana...”. Com isso, as escolas brasileiras possuem características similares quando o assunto é reunião de pais! Todas as escolas realizam esse procedimento que, geralmente, acontece em determinados períodos do ano, especialmente no fechamento dos bimestres, momento que marca a entrega de notas.
  • [ Times de Futebol em Material Escolar ]
    Orientações Diversas a Pais e Professores
    O futebol desperta paixões e, aqui no Brasil, muito mais do que em qualquer outro lugar! A expressão “time do coração” está cada vez mais sendo usada e, o que até em certo ponto é preocupante, por crianças cada vez menores. Os brasileiros respiram futebol o tempo todo. Quem não gosta de ver seu time jogando, principalmente quando ele está ganhando? É impressionante o amor que os torcedores de todas as idades nutrem pelos seus times de futebol!
  • [ O Materialismo do Sapatinho de Cristal ]
    O Desencanto da “Meia-Noite”
    No tradicional conto “Cinderela”, a jovem afligida pela inveja advinda de suas irmãs e madrasta faz pensarmos o quanto a sociedade, desde tempos remotos, é materialista e o quanto um belo traje pode mudar a percepção de alguma pessoa. A simplicidade de Cinderela não estava apenas nas roupas velhas que tinha sido obrigada a usar para dar conta de todos os afazeres domésticos que lhes eram impostos em sua casa, principalmente quando seu pai, um rico comerciante, ausentava-se, deixando-a sozinha com sua nova “família”.
  • [ Chega de Indiretas e Mentiras ]
    Protesto em Defesa da Verdade
    Se o amor acabar pelo fato de se dizer a verdade, então que se acabe. Se a amizade se perder por causa da sinceridade, então é melhor mesmo que se perca. Se a verdade direta e clara doer e lágrimas tiverem que cair, então é melhor que arda e, se necessário, faça gemer. Se o medo do castigo for maior do que o respeito que se deveria ter em não negar a verdade a alguém, então tudo está fora de lugar.
  • [ Se 2013 Acontecer... ]
    Feliz Ano Novo!
    Se houver amanhã, que possamos ser muito melhores do que conseguimos ser hoje. Se ainda tivermos a chance de acordar mais um dia, que com ele nasça a coragem que nos motiva a prosseguir. Se mais uma vez conseguirmos a bênção de vivermos mais alguns momentos, que eles sejam de paz em companhia daqueles que amamos. Se precisarmos lutar para conseguirmos mais algumas horas de fôlego de vida, que essa luta nos deixe serenos, calmos e com um gostinho de vitória.
  • [ Elimine a Fofoca do seu Dia a Dia ]
    Palavras de Paz
    Uma verdade que poderia ter acontecido não é uma verdade, é uma mentira como outra qualquer. Às vezes, aquilo que você ouviu alguém falar a respeito do outro pode parecer o mais evidente para você, mas isso é tão somente para você. Pense bem antes de sair falando da vida alheia. Não corra o risco de passar pelo ridículo de ter acreditado numa inverdade fria, pessimista e cruel.
  • [ Rancor: Um Peso Insuportável ]
    Conflitos da Vida Pessoal
    A começar pelo significado da própria palavra, o rancor é uma das causas mais frequentes que, diariamente, levam tantas pessoas a buscar auxílio médico. Trata-se de um ressentimento (re-sentir ou sentir novamente) agudo e perverso, que revisita incessantemente episódios que nos causaram alguma forma de dor. O pior de tudo é que nem nossas crianças ficam isentas desse mal, uma vez que adultos de sua convivência acabam transferindo a elas a angústia que há dentro de si.
  • [ Não se Perca em Meio aos seus Sonhos ]
    Vida, Sonhos e Trabalho
    Todas as pessoas têm sonhos e anseiam realizá-los. A vida é tão corriqueira em meio ao trabalho, à família, ao lazer, à vida pessoal... Momentos para reflexão? Como é difícil falar dele. Os dias passam muito depressa, e as atitudes do dia a dia tornam-se mecanizadas. Em geral, as pessoas mal conseguem se desligar por alguns minutinhos que seja. Seria muito bom se elas reservassem esse tempo para si.
  • [ Você Gosta de Conselhos? ]
    Vida e Convivência
    Alguém fica sabendo que você está à procura de um novo emprego e, muito calmamente, se aproxima e o aconselha a desistir, pois, afinal, a vida não está fácil para ninguém. Outra pessoa percebe que você está em busca de uma dieta e exercícios físicos para, finalmente, conseguir a tão almejada redução de seu peso.
  • [ Um Lugar de Proteção ]
    A Família como Responsável pela Segurança Emocional de seus Filhos
    Nossa família necessita de proteção, cuidado, zelo, comprometimento e amor. Ao abrir o portão de casa, numerosos são os convites que, fantasiados, desejam ver nossos filhos prostrados e à margem de tudo o que é bom e ideal para se viver. Essas investidas, ao envolverem uma criança em pensamentos impróprios, comprometem seu modo de ser e de agir durante seus próximos anos de vida, impactando todos à sua volta.
  • [ Agradeça! ]
    Vida e Gratidão
    Agradeça por você ter acordado muito cedo hoje e em tantos outros dias e manhãs, pois isso mostra que você tem em que se ocupar. Agradeça pelo barulho da cidade grande e pela correria do dia a dia, pois você está em condições físicas e mentais para viver nesse meio. Agradeça pelos vizinhos que o acordam bem cedo em sua manhã de folga, pois isso mostra que você tem onde morar.
  • [ Ainda há Tempo ]
    Conselhos e Reflexões sobre a Vida
    Deu-se conta, somente agora, que agiu de modo incorreto? Olha para trás e se arrepende de não ter feito as coisas de outro modo? Desespera-se por sua mensagem não ter sido bem-compreendida pelos seus filhos? Seus erros são jogados no seu rosto todas as vezes que tenta se redimir?
  • [ “O Povo Precisa de Pão e Circo” ]
    Programas da Televisão Brasileira
    Quem se importa que pessoas morram diariamente nos corredores de um hospital público por falta de atendimento? Na verdade, quase ninguém. Quem realmente se preocupa com o fato de a casa do vizinho ser assaltada frequentemente, vitimando homens, mulheres e crianças? Infelizmente, pouquíssimas pessoas.
  • [ A Sabedoria de se Viver ]
    As Funções das Fases da Vida
    Por que as pessoas têm tantas dificuldades para identificarem o que há de bom no presente? Em detrimento de se viver melhor o agora, elas se alimentam de intensas lembranças acerca do passado, enquanto passam a vida esperando ansiosamente realizar algo no futuro. Quando começam a pensar em como estão vivendo, muitas dessas pessoas tomam por base as experiências vividas no passado, buscando por fatos que lhes proporcionaram bem-estar.
  • [ Infância – Um Conto Feliz ]
    Feliz Dia das Crianças
    Criança tem direito de sonhar com castelos, príncipes e princesas. Tem direito de sorrir, de correr descalça pela rua sem precisar temer o “Velho do Saco” que rouba as desobedientes. Não deveria temer os dragões e as bruxas malvadas que interferem na história sem pedir licença. A criança deveria acreditar no “final feliz” dos contos infantis e reinventar uma “Bela Adormecida” diferente, que, mesmo não sendo bela, consegue acesso igualitário à felicidade.
  • [ O Grande Mercado da Violência ]
    Um Gigante a ser Vencido
    Jogos violentos, novelas repletas de ódio e assassinatos, tensão e revolta nos telejornais, revistas faturando milhões com matérias sangrentas. O Grande Mercado da Violência parece render cada vez mais. Nós e, infelizmente, nossas crianças temos sido alimentados pela ânsia de um desejo incontrolável de vermos a violência acontecendo. Claro que não desejamos que nada de mal aconteça conosco e nem com aqueles que amamos, mas quando se refere à vida de alguém mais distante, distanciam-se também o nosso coração e o bom-senso.
  • [ Em Busca de Significados ]
    Conselhos para uma Vida Melhor
    Signifique as áreas de sua vida e não roube o seu direito de ser feliz, de se sentir bem e amparado em quaisquer momentos que você venha passar. Coloque-se em busca de significados que sejam capazes de limpar o espelho de sua vida, o qual foi embaçado e trincado por filosofias vãs e sem sentido. Encontre respostas às questões que sua mente abordada diariamente, e não fuja do desafio de encontrar soluções que sejam, de fato, satisfatórias.
  • [ A Ditadura do Desejo ]
    Pessoas Insatisfeitas e Aprisionadas
    Assim a vida segue, um quer ter mais que o outro, outros querem mais do que se tem ou se pode ter. Nos grandes centros comerciais, há falta de produtos que satisfaçam os desejos daqueles que se permitem submeter-se a uma ditadura sem limites. Em busca de si, as pessoas aglomeram-se em lugares badalados, endividam-se e adquirem produtos que possam elevar seu status num meio social que nem mesmo parece humano.
  • [ Pessoas de Destaque ]
    A Autoimagem Diante do Espelho
    Não dá para fingir ter forças para agir em quaisquer circunstâncias, de boa consciência, como se fôssemos imbatíveis. Simplesmente não dá. O curso das coisas vai mudando e a vida passa a nos mostrar que não somos tão poderosos assim, para vivermos a despeito do que causamos na história de alguém que passa por nós. Não dá para defender uma imagem de invencível como se fôssemos senhores do amanhã, como se nada pudesse fugir ao nosso alcance.
  • [ Antigamente ]
    Lembranças de Uma Infância Feliz
    O tempo passou, só o que não passaram foram as lembranças de uma época que, infelizmente, não volta mais. A infância feliz em que as crianças ainda brincavam seguras na rua, as vontades satisfeitas de um pai que tinha seu olhar de repreensão lido e respeitado pelos seus filhos, as mães com tempo para buscarem os filhos da escola e irem às reuniões de Pais e Mestres, a professora que começava suas aulas sem grandes dificuldades porque seus alunos faziam silêncio quando a viam...
  • [ A Vida É Assim ]
    Repense, remodele, reflita...
    A vida é assim, tem horas que dá vontade de jogar tudo para o alto e só ficar olhando aonde as coisas vão cair, estáticos, sem ação ou aparente reação. Dá tédio, cansaço e vontade de gritar até o ponto que aquilo que nos estressava deixa de ter importância. Os anos vão passando, enquanto a experiência que se acumula passa a nos ensinar que muitos infortúnios do hoje poderiam ter sido evitados.
  • [ A Plenitude do Amor de um Pai ]
    Feliz Dia dos Pais
    Nas mãos, aspereza de quem já experimentou o peso de uma enxada ou de uma caneta quando teve que assinar um importante documento. Nos braços, força para dar colo e abrigo para quem hoje quer prestar esta homenagem. Nas aventuras contadas e recontadas tantas vezes, o riso antecipado de quem já conhece o final. Na volta do trabalho, o agradecimento a Deus por tê-lo de volta, papai, sorrindo e feliz mesmo diante do cansaço depois da calma do dia.
  • [ Palavras que Encantam ]
    Reflexão e Envolvimento de Carlos Drummond de Andrade
    Há pessoas que acham esses versos antiquados, pois, cercadas de belas palavras, acreditaram, confiaram e, infelizmente, iludiram-se em algum momento de suas vidas. É fato que palavras desacompanhadas de ações que as comprovem tornam-se ineficientes, mas a família e a escola, também formadoras da sociedade, não podem deixar de abordar o encanto que elas exercem na vida das pessoas. Em muitas circunstâncias, nossos filhos e alunos terão diante de si apenas um recurso ao próprio favor: as palavras.
  • [ Vida em Família ]
    Uma casa transformada em lar
    A vida em família pode ser trabalhosa, pois quanto mais pessoas reunidas, mais trabalho terá que se ter para administrar a companhia e tê-las outras vezes por perto. É, contudo, um trabalho que vale a pena, pois poder contar com uma família que tem algum interesse em estar perto de nós é um desejável privilégio, nunca um ônus. Reuniões com familiares precisam acontecer com frequência, não apenas em momentos fúnebres e em datas de comemorações específicas.
  • [ Entre Flores e Espinhos ]
    Beleza, poesia e canção que marcam cada momento 
    Não dá para separar, os dois são únicos em si e, ainda que diferentes, a beleza da flor não é anulada pela força e significado dos espinhos. Vale a pena! Sem pedir licença, o perfume que é exalado pelas flores invade qualquer espaço em questão de segundos e, sem perceber, as pessoas são estimuladas por ele. Na poesia e na canção, as flores podem significar o que é belo, prazeroso e o que traz algum tipo de felicidade à vida. Elas também simbolizam a natureza, o estado de felicidade e, talvez, até mesmo o desejo de cura para aqueles que estiverem enfermos.
  • [ Desejo de Vingança ]
    Seriados, novelas e filmes como tentativa de reproduzir a vida humana
    Mergulhados no irreal e na fantasia da cabeça de algum autor, vibramos a cada chance de vingança apresentada por alguma trama muito bem-articulada. Aplaudimos a queda do malfeitor de uma novela, por exemplo, tal como se fosse um grande espetáculo. Não nos damos conta, mas a dor e o sofrimento constituem-se parte significativa de nossos pensamentos, influenciando os nossos mais remotos e presentes desejos. Ainda que na ficção, ansiamos, na verdade, por sangue e violência para satisfazer o ódio que nos permitimos sentir durante um tempo em que estivemos expostos aos ardis do personagem mau de um seriado, novela, filme ou qualquer conteúdo semelhante.
  • [ Culpa, Medo e Engano ]
    O Perdão como Habilidade na Escola e na Vida
    Há pessoas aprisionadas e amedrontadas dentro de si e que, dia a dia, tentam se acostumar com a ausência da liberdade e da paz. Há aqueles que se negam a dizer a verdade por medo da repreensão e, por isso, vivem amargurados e inseguros. Há aquelas que fogem dos próprios pensamentos, pois estes insistem em apontar fatos dos quais tentam se esquecer. Há gente que não sabe o que é dormir tranquilamente, pois vive em meio a pesadelos com chances razoáveis de tornarem-se reais.
  • [ Cheios de Razão ]
    Identidade Pessoal e Interesses
    Verdades e inverdades fazem parte do nosso dia a dia e, ao que parece, o estabelecimento de características únicas que possam nos identificar está se tornando cada vez mais difícil. Por exemplo, diante do mau humor do chefe, somos compreensivos, pois ele, quem sabe, não está numa fase boa. Ao recebermos uma bronca do nosso superior lá no trabalho, ficamos quietos, fingimos não ter sido conosco, deixamos passar. Quando somos injustiçados pelo coordenador, falamos a ele com toda a educação e profissionalismo.
  • [ Queremos Tocar seu Coração ]
    Feliz Dia das Mães!
    Pedimos agora ajuda para as palavras, mesmo que parecem insuficientes. Queremos tocar seu coração, pois é lá que encontramos nossa melhor moradia. Na expressão de seu olhar, achamos cuidado, carinho e compreensão que parecem não existir mais nesse mundo. O calor de seu colo é mais desejado que o calor de dias de folga e férias, e nenhum dia faria sentido para nós se a senhora não nos tivesse ensinado o bom caminho. Trocamos qualquer contato com amigos e conhecidos por um pouquinho que seja das carícias que somente suas mãos sabem fazer. O conforto do seu abraço é o melhor calmante que nos faz dormir mais sossegadamente, mesmo em dias que parecem infindáveis pelo cansaço e visível esgotamento.
  • [ Aprendi com as Primaveras ]
    Poesia, Beleza e Sentimento em todas as Estações
    “Aprendi com as Primaveras a me deixar cortar para poder voltar sempre inteira”, palavras de Cecília Meireles que hoje parecem esquecidas, desconsideradas. Entre uma estação e outra, muita coisa acontece, muita gente deixa de existir, muitas pessoas reaprendem a viver. Há poesia, há beleza, há sentimento em quaisquer momentos, e cada um deles pode muito nos ensinar. Mesmo com a aparente desordem das estações do ano, a primavera, hora menos hora, vem dar a nós sua mais bela demonstração de sabedoria. A sabedoria, contudo, pode não ser evidente, principalmente quando nossos olhos estão voltados apenas para o nosso próprio bem-estar ao desconsiderarmos a importância do outro para sermos, de fato, completos.
  • [ Vida Dura ]
    Feliz dia do Trabalho
    Não sei se a vida é dura demais para quem precisa acordar cedo todos os dias para ir trabalhar, ir ao médico, cuidar dos filhos e da casa. Não sei se é dura se comparada ao cansaço que nos sobrevém após um exaustivo dia, ou se é dura porque simplesmente não a comparamos a nada. A afirmação de que a vida é dura é mais dura do que a própria vida, pois a frase está incompleta e não revela o objeto com que a dureza da vida está sendo comparada. Talvez o que nos falta é exatamente isso, ou seja, comparar a nossa vida e o nosso aparente desgaste com a vida e os trabalhos de outras pessoas.
  • [ Momento de Ficar Sozinho ]
    A Solidão como Oportunidade de Reflexão
    Sei que é ruim se sentir sozinho, mas há vários momentos que isso, necessariamente, acontece. Ali, num canto qualquer e aparentemente abandonados, a vida nos dá a chance de organizar os sentimentos, os pensamentos, enfim, é hora de colocar a “casa em ordem”. Às vezes, não queremos entender isso, queremos e até mesmo precisamos de alguma palavra amiga, mas há situações que elas, simplesmente, não acontecem. As pessoas, tão falhas como qualquer de nós, não são capazes, por mais que tentem, de aliviar a dor que sentimos quando alguém que amamos precisa partir. Palavras, por si só, são insuficientes nesses momentos, pois o nosso interior grita pelo retorno desse alguém ou de algo que se foi, ou seja, daquilo que tanta falta vai nos fazer.
  • [ Dentro de Você ]
    Administração pessoal
    Na vida, tudo depende do que há dentro de você, tudo o que, de uma forma ou de outra, um dia entrou e ocupou espaço em seu interior. As nossas importâncias regem os nossos desejos e aquilo que, consequentemente, somos ou queremos ser. Por causa de conteúdos não administrados, muitas vezes não há palavras e conselhos que sejam capazes de nos impedir de fazermos alguma coisa. Alguém já disse que somos a segurança do nosso não e o resultado do nosso sim, ou seja, somos o que nos permitimos ser.
  • [ Pessoas do Bem ]
    Em Nome da Independência
    Em nome da independência, pais são taxados como “quadrados”, como impróprios e que nada mais sabem da vida moderna. Em nome da autonomia, filhos são “jogados” aos cuidados de instituições, as quais são cobradas para darem a eles toda aquela educação que deveria ser compartilhada com a família. Em nome da liberdade, pessoas deixam suas casas e saem despreocupadamente em busca de experiências que não trarão bons resultados. Em nome da ousadia, vidas correm riscos incalculados, colocando a perder o bem mais precioso que pode ter: a própria existência.
  • [ Vidas e Vivências ]
    Reflexão e Análise sobre Pessoas
    O mundo está repleto de pessoas. Há aquelas que preferem viver como personagens secundárias e há aquelas que não aceitam nada menos do que o papel de protagonistas. Há pessoas grosseiras, gentis, amáveis, deselegantes, amigas e companheiras... Há, enfim, pessoas. Vidas que, não obstante a quaisquer aparentes diferenças, são iguais quanto às suas mais ínfimas necessidades e, independente de onde querem chegar, um dia terão encontro com Aquele que lhes forneceu ao dom da vida. Há pessoas que passam os mais belos anos de suas vidas em busca da autopromoção e há aquelas que são promovidas por meio de gestos de elegância em relação aos outros.
  • [ Conquistas de Mulher ]
    Reaja e Viva Feliz
    Que suas conquistas sejam capazes de promover a paz em seu coração e nos corações de todas as pessoas que convivem com você. Que não faça mau uso de sua liberdade, pois, por ela, muitas outras mulheres lutaram sem se deixarem desfalecer. Que seja defensora da vida de qualquer pessoa e esteja sempre disposta a lutar pelo bem delas. Que seja amorosa e saiba doar-se para trabalhar em favor de quem precisa de seu apoio. Que seus dias sejam úteis para trabalhar na construção de caminhos retos, de modo que, ao chegar a escuridão da noite, você tenha como se guiar por eles. Que haja força em suas mãos para ajudar a criança se levantar de um tombo e que haja abrigo em seu coração para mantê-la em pé.
  • [ Vale a pena – Por Toda a Vida ]
    Conselhos e Reflexões para a Vida Inteira
    De um jeito ou de outro, todos nós vamos engordar um pouquinho com o passar dos anos. Bom, já que isso é fato comprovado a olhos nus, que seja então por termos permitido nosso corpo gerar mais uma vida. Sem muito o que fazer para impedir, todos nós também vamos ter rugas que denunciarão os anos que Deus está nos permitindo viver. Já que é assim, que seja então rugas que mostrem que não tivemos medo de sorrir e nem de abrir bem os olhos para encarar algum fato. Ainda que possamos lutar contra isto, hora menos hora vamos ser surpreendidos por algum mal-estar, que denunciará algum desgaste em nosso organismo. Já que não dá para fugir disso também, que venhamos aproveitar nossa saúde e disposição para dar a mão para quem precisa de ajuda.
  • [ O Que Faço Com Esse Sentimento? ]
    O Momento de Reconstruir
    Não são raros os momentos que passamos por tanta dor que nosso peito parece que vai explodir. Não são raras as vezes que parece que estamos caindo num poço sem fundo ou caminhado numa imensa escuridão que cega nossos olhos. Não é raro vermos pessoas angustiadas, sem saberem o que fazer com todo o sentimento que lhes restou. Não é fácil vencermos os nossos medos e os incalculáveis temores que nos sobrevêm quando alguém nos deixa só, mesmo que seja involuntariamente. Quem se dispôs a amar sabe que esses momentos podem acontecer. Quem deseja dispor espaço em seu peito para o amor tem que saber que nem tudo são flores num mundo cor-de-rosa.
  • [ Como Folhas Secas Levadas pelo Vento ]
    Retomada da Direção
    Há dias que nos damos conta que estamos como folhas secas soltas em meio a um impetuoso vendaval. Parece que nada do que falamos ou fazemos é levado a sério, pois ninguém se interessa se estamos bem ou não. Normalmente, as pessoas tendem a mostrarem indiferença quando o assunto não é com elas, passam por nós e, quando muito, reparam nos nossos olhos vermelhos pela noite em claro. Precisamos compartilhar o que sentimos, o que queremos, mas sem perder de vista o que desejamos para um futuro próximo, o que queremos, de fato, viver daqui para frente.
  • [ A Transitoriedade do Tempo ]
    Reflexões Sobre as Oportunidades e as Características do Tempo
    Nada como um dia após o outro para acalmar os ânimos e reanimar aqueles que sofreram frustrações. Nada como atentar para a importância do tempo e reaprender lições já vistas anteriormente. Nada como o tempo para nos ensinar que o branco dos cabelos fala-nos da urgência de transferirmos os conhecimentos acumulados durante os anos. O tempo ensina, o tempo acalma, o tempo impõe verdades que não queríamos entender. A duração de um tempo é subjetiva. Um minuto pode ser tão pouco e insignificante quanto pode ser decisivo para a sobrevivência de alguém.
  • [ Votos para 2012 ]
    Um ano novo todo dia, toda hora, todo momento
    Que o ano novo traga mais harmonia, mais respeito, mais paz e mais amor, e que as pessoas realmente entendam que é por meio delas que isso acontecerá. Que o próximo ano tenha mais pessoas comprometidas e engajadas em diminuir o ódio, o rancor e a intolerância.
  • [ Natal – Tempo de Reflexão ]
    Ponto de partida para novos eventos em família
    Atribua significados verdadeiros para Aquele que é verdadeiro para sempre, Jesus, nosso mais ilustre aniversariante. Mesmo que essa data não signifique exatamente o seu aniversário, Ele existe mesmo antes da fundação deste mundo que entendemos como nosso. Permita que seus filhos entendam o verdadeiro valor dessa data que, como qualquer outra, deve ter o “aniversariante” em primeiro lugar. Não alimente sonhos impossíveis de promover a felicidade e a união entre sua família.
  • [ Dê o Primeiro Passo ]
    Conselhos e reflexões
    Não tenha medo de ser o primeiro a dar um passo em direção ao correto, ao necessário, àquilo que precisava ter sido feito há algum tempo, mas que até agora não se consolidou. Não tenha medo de ser ridicularizado, pois muitos que passam por isso tornam-se grandes para muitos outros e, principalmente, para si mesmos.
  • [ Trabalhe melhor seus sentimentos ]
    Enfrente com maturidade e autoconhecimento suas angústias e medos
    Lembra-se daquele dia que alguém foi indiferente enquanto você falava? Lembra-se da dor que sentiu ao ver alguém que você ama indo, inexplicavelmente, embora? Lembra-se de quanto sofreu ao perceber que seus esforços foram inúteis? Pois é, lembre-se, não tente apenas esquecer, mas trabalhe melhor seus sentimentos.
  • [ O Bom Relacionamento Intrapessoal ]
    Encare-se, conheça-se, cuide-se
    Para se ter as qualidades necessárias e desejáveis, todo relacionamento deve começar num exercício interno, num relacionamento intrapessoal. A imagem que passamos aos outros é uma consequência do que somos, do que estamos buscando, do que queremos para nós e para os outros à nossa volta. Uma falha no relacionamento intrapessoal pode nos impedir de conhecermos, de fato, muitas de nossas principais características. Ora, não é possível trabalharmos algo que não conhecemos, não é possível darmos contornos e moldes ao que não fomos capazes de identificar.
  • [ A Escola Zelando para o Bem-Estar Integral de seus Alunos ]
    Reflexão sobre Abordagens de ordem Emocional na Escola
    No peito, um vazio imenso. Nos olhos, mais uma lágrima dentre tantas outras. Dias e dias vão se passando e ainda não se entende como tudo aconteceu daquele modo. As ideias se misturam e os fatos começam a terem contornos ilógicos, nada mais parece ser a verdade. O vazio do peito dá lugar a um coração cheio de lembranças, cheio de dor e que se nega a acreditar que um dia tudo vai passar. Numa tentativa de sobreviver a tudo o que aconteceu, agarra-se às lembranças de tempos felizes, pois elas são as únicas coisas que sobraram de tudo o que foi ou não vivido.
  • [ Limites e Respeito na Arte de Educar ]
    A moda impensada da quebra de paradigmas
    Dia a dia com nossos alunos, passamos a eles muito mais do que os conteúdos de nossas disciplinas, passamos a eles muito do que acreditamos ser moralmente correto, digno e sensato de se fazer. Contudo, a arte de educar necessita de cautela, pois se corre o risco de agir contra o que a família do aluno está o ensinando, principalmente se nós não concordarmos e, muito mais, se estiver “fora de moda”. Fala-se muito em mudar e quebrar paradigmas, mas, antes de sair por aí quebrando barreiras à mudança insensata e sem considerar todos os envolvidos e suas devidas consequências, certifique-se de que você está sendo realmente justo em sua balança.
  • [ Querido Professor ]
    Comemore seu Dia, professor!
    Próximos dessa data tão especial, apesar de algumas circunstâncias dizerem o contrário, você, querido professor, tem sim muito o que ser celebrado. Sabe aquela pessoa que ajudou o idoso a atravessar a rua? Então, ela só fez isso porque, em casa ou na escola, teve um professor para ensiná-la, ainda que usando de tantos argumentos, a respeitar os mais velhos, dizendo que, hora menos hora, qualquer de nós estará no lugar deles. Sabe aquele olhar de desaprovação de alguém que viu uma pessoa sendo injustiçada, pois é, também esse olhar só existe porque alguém, como o senhor, ensinou valores morais e éticos em meio a tanta “gritaria” de conteúdos insanos que ensurdecem os ouvidos de algumas pessoas.
  • [ Um pouco de ar fresco ]
    Novas perspectivas a partir de um novo olhar
    Se você estiver achando que seus problemas vão sufocar toda sua esperança de ter uma vida com mais qualidade, quem sabe um pouco de ar fresco pode ajudá-lo a ver as coisas de um modo diferente. Erga sua cabeça e olhe para o céu que, mesmo com nuvens, tem muito a ensinar, você vai que, quando abaixar novamente sua cabeça, novas ideias estarão povoando seus pensamentos. Se uma multidão aperta e sufoca todos os seus sonhos, respire o frescor do anoitecer e permita-se admirar o crepúsculo e a luz da alvorada, pois, depois de respirar mais calmamente, estarão mais claros os caminhos que o levarão a realizar seus sonhos.
  • [ Supere-se ]
    Conselhos e Reflexões
    Supere-se, motive-se, não pare agora. Dê mais um passo, pois um novo horizonte poderá se abrir. Não fuja, não se esconda, mostre quem você é mesmo que isso possa parecer insuficiente diante de seus problemas. Estabeleça datas para seus sonhos, não os deixe adormecidos, persiga-os até alcançá-los, pois até mesmo no caminho haverá aprendizagens. Viva intensamente cada momento sem nunca se esquecer de Deus, pois é quem nos dá o fôlego de vida e é para Ele que um dia tornará.Trate seus dramas com sabedoria e, mesmo que o tédio esteja querendo tirar seu fôlego, dê o tempo que precisar para somente depois agir.
  • [ Viver é Tocar o Coração das Pessoas ]
    Reflexão nas palavras de Cora Coralina
    Não sei se a vida é curta ou longa demais pra nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: Braço que envolve, Palavra que conforta, Silêncio que respeita, Alegria que contagia. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura... Enquanto durar (Cora Coralina). O coração de uma pessoa é um de seus maiores tesouros certamente. O que não é tão envolvido de certeza assim é o cuidado que muitos deixam de ter com sua própria vida, pois não cuidam de dar morada a sentimentos bons, tais como sentimentos de bondade, amor e compaixão consigo mesmo e também com o outro.
  • [ Memórias do Coração ]
    Feliz Dia dos Pais!
    De um abraço apertado e um olhar de seriedade a um coração que já sabe o que é amar. Do lado esquerdo do peito, as aprendizagens que somente conseguirmos vivenciar ao seu lado. Da volta do trabalho, momento tão esperado, a esperança de mais uma vez conseguirmos olhar para você e vivermos juntos aquelas experiências que jamais vão se apagar de nossas memórias, memórias de nossos corações. Não é fácil definir com palavras a nossa gratidão por você, papai, o que podemos fazer é seguir os caminhos que o senhor nos ensinou, ainda que, há algum tempo, estes mesmos caminhos não pareciam tão lógicos assim.
  • [ A coletividade dos erros e acertos ]
    Responsabilidades compartilhadas
    Dia após dia, somos abordados por situações que entram em desacordo com a moral e os bons costumes. Pessoas que agem com engano, pessoas que furtam a nossa vez de falar e aparecer, pessoas que impulsivamente reagem contra qualquer gesto sem maiores intenções de nossa parte, pessoas que tornam nosso dia a dia mais cansativo e, não raras as vezes, pessoas que acabam com a nossa energia de propor novidades, de agir com bondade. São várias as situações que nos vemos envolvidos com outras pessoas, com gente como nós, com alguém que, diferente do que podemos imaginar, é a consequência de ações ocorridas entre nós mesmos, de ações coletivas.
  • [ Amizade - A arte de cativar pessoas ]
    Feliz Dia do Amigo!
    No enredo da sala de aula, estamos acostumados a notar a ausência de um aluno que dificilmente está presente nas aulas, o qual é normalmente chamado de “turista”, do mesmo modo que sentimos facilmente a ausência de alunos que quase nunca faltam e assim por diante. Se o relacionamento entre professor e alunos é influenciado pela ausência ou presença destes, chama-nos a atenção a grande influência que sofre um sentimento que, muitas vezes, não temos muito tempo para darmos atenção: a amizade.
  • [ Efeito Midiático ]
    Sala de Aula: Lugar de Sensibilização e Reflexão
    Cada um tem o seu ritmo, cada um sabe ou saberá quando chegar a hora de tomar uma decisão, ainda que essa, aos olhos de outras pessoas, tenha sido adiada. Em tempos de grande velocidade, o mundo parece que desaprendeu a esperar pelo outro, a ser tolerante, a respeitar a tentativa que outra pessoa tem para conquistar harmonia entre fatos de sua vida, a respeitar, verdadeiramente, as diferentes opiniões. O que se vê é sempre alguém se comparando a outra pessoa e, quando não consegue “vestir o uniforme” imposto pelas mídias, frustra-se, envergonha-se, esconde-se.
  • [ Ressignificando ]
    A habilidade de reinterpretar fatos
    Somente nós, seres humanos, temos a capacidade de atribuir novos significados a fatos ocorridos em algum lugar do passado, independente de quais proporções eles tiveram. Na sala de aula ou em casa, desde muito cedo a criança precisa ser orientada pelo adulto sobre essa capacidade, pois quando a apresentamos a esse fato damos a ela a oportunidade de começar a administrar com mais clareza seus sentimentos. Uma discussão que ocorreu ontem, uma palavra proferida pelo professor ou pai, um olhar duvidoso, uma sequência de fatos que causaram desconforto e tantas outras situações ocorridas ontem e envolvidas nas mais diversas circunstâncias podem ganhar novos significados quando olhamos para elas hoje.
  • [ O Momento de Ajudar é Agora ]
    Auxílio em Tempo Oportuno
    No mais cheio dos ambientes, ainda assim há lugar para um gesto de gentileza, para um sorriso de bom-dia, para um olhar de caridade. Na mais apertada das rotinas, ainda há tempo para parar um pouco e estender a mão para alguém que, por um descuido, tropicou e caiu bem à nossa frente. Nos dias mais chuvosos, há, ainda, espaço debaixo do guarda-chuva para abrigar alguém que, desabrigado, está correndo a ponto de cair e se machucar. No ônibus mais lotado, há sempre um jeitinho de não “cair no sono” e fingir que não está se vendo o idoso, a gestante e a criança que estão por ali em condições desiguais de permanência. Na noite mais fria e no sono mais gostoso, há sempre a possibilidade de se levantar e atender ao telefone que chama por nós.
  • [ Desafios para ampliar jornada do aluno nas escolas públicas! ]
    Maria Christina Toledo Simões
    Nos últimos dez anos, o Brasil investiu esforços para cumprir o previsto no Plano Nacional de Educação. Porém, pelo elevado volume de itens, enfrentou dificuldades para o acompanhamento efetivo das ações. O novo PNE 2011-2020 para a próxima década objetiva fornecer diretrizes às políticas educacionais do país, dentre elas àquelas que promovam a erradicação do analfabetismo e favoreçam o processo de alfabetização e letramento de crianças até os oito anos de idade. Não foram poucos os programas destinados a atingir esse alvo de natureza latente, cuja trajetória perdura historicamente em nossa nação.
  • [ Uma Data Muito Especial ]
    Feliz Dia das Mães
    Em meio a tarefas que parecem não ter fim, ela arruma tempo para dizer que nos ama. Em meio à luta por ser vista e ser enxergada em seus mais diferentes papéis, ela atrai nossa atenção naturalmente, pois não dá para fingir que não a conhecemos. Se em algum momento não atribuímos a esta pessoa tão especial o seu devido valor, certamente ainda teremos muito a nos cercar de pesares pelos beijos e abraços que foram a ela negados, pela nossa ausência naquela noite em que ela disse para não sairmos, pelo simples telefonema para avisá-la de nosso atraso e que não a deixa enlouquecer de preocupação, pelo esquecimento de seus conselhos em momentos que não admitiam quaisquer erros...
  • [ Viva com prudência ]
    Caminhos de conhecimento e sabedoria
    Ouvir os conselhos dos mais velhos, como avós, pais e demais conhecidos, falar sempre a verdade com cuidado e ética, passar pelo o outro e oferecer-lhe um sorriso de bom-dia, buscar a paz com os vizinhos... Diminuir a velocidade do carro ao ver bola, pipa e, consequentemente, crianças por perto, oferecer lugar para o mais velho sentar-se, não agir impensadamente diante dos tantos infortúnios do trânsito, respeitar o espaço do outro... Ser gentil com o vendedor que precisa bater meta, buscar a Deus em todo momento, parar ao sinal amarelo e vermelho, oferecer água ao sedento e abrigo àquele que não tem onde sequer recostar a cabeça...
  • [ Queremos Paz ]
    Tragédia no 07 de abril
    Depois de tantas notícias ruins, queremos paz. Depois de perceber que a dor não vai passar, queremos novamente ter aquela sensação de tranquilidade, de ordem e de conforto. Ao buscarmos respostas, encontramos ainda mais perguntas que não podem ser satisfeitas tão facilmente. Será preciso pensar e repensar muitas vezes para tentarmos colocar um ponto-final em tantas questões.O que foi que aconteceu? Como poderemos contribuir para termos paz? O que fazer para que episódios tão violentos não roubem mais a juventude e a vida de tantos inocentes? Se tantos agressores são criados em nosso meio, há, certamente, alguma coisa que podemos fazer sim para tornarmos a noite em dia mais uma vez.
  • [ Dar Tempo ao Tempo ]
    Organização interna e pessoal
    Quantos transtornos são causados quando não se dá ao tempo um tempo hábil para que as coisas sejam devidamente resolvidas. Quantos dos nossos alunos, filhos, amigos e parentes dão passos certeiros em direção ao incerto. Quantas vezes negamos a nós o direito de chorar por algo que não deu certo e, no contraponto disso, quantas vezes negamos a nós o direito de cessarmos o choro, erguemos a cabeça e seguirmos em frente. A cada tempo, uma nova realidade começa a ser moldada. Nada é hoje como foi ontem e nada será amanhã como o presente se tem mostrado, ainda que “um dia faz declaração a outro dia”, como diz determinado trecho bíblico ao nos alertar sobre a nossa responsabilidade de plantar para o amanhã.
  • [ O Verdadeiro Exercício da Subordinação ]
    Relação de Dependência e Respeito
    Gritarias, insubordinações, reclamações, insucessos, não envolvimentos, fofocas, falatórios, vícios... Quantas são as situações que temos diariamente ante a nós que nos fazem reagir impensadamente... Às vezes, se não exercitarmos nossas capacidades de considerar o outro como um ser tão merecedor de respeito assim como nós, isso independente se ele compartilha ou não de opiniões semelhantes às nossas, corremos o risco de “atropelar” as pessoas, levando-as a ter “sequelas” que podem durar para uma vida inteira.
  • [ Ultrapassagem não Permitida ]
    Considerações sobre Respeito e Limites
    O que se quer, o que se deseja ter, o que podemos conseguir, o que consideramos ser o melhor... São tantas as circunstâncias que estamos expostos dia a dia, que se torna importante uma reflexão mais calma, mais coerente acerca da ação e a prática de respeitar. Se o respeito é bom, o respeitar é ainda melhor, aliás, muito melhor, pois é a ação de se conhecer e entender os limites do outro e, também, os nossos próprios limites.Todos nós só podemos dar ao outro aquilo que temos.
  • [ A Participação dos Pais na Escola Influencia Uma Melhor Aprendizagem ]
    Professora Júlia Séccolo
    Este texto tem a intenção de enfocar a importância dos pais na escola, analisando a importância do trabalho conjunto família-escola no processo ensino-aprendizagem. Mas quais são as várias causas dos problemas de aprendizagem da criança? O desenvolvimento infantil é um processo global. É evidente que as dificuldades de aprendizagem estão relacionadas tanto às características próprias da criança, quanto às atitudes inadequadas da família e da escola que afetam a criança enquanto pessoa em desenvolvimento. “A criança que desde cedo, tem contato com outra, é sabidamente mais sociável, menos egocêntrica e mais tolerante.
  • [ A Força da Vontade ]
    O Verdadeiro Afeto
    Quando desejamos muito algo, a força e o potencial que existem em nosso querer e em nossa vontade podem muito ser a razão que define o conseguir e o não conseguir atingir os objetivos por nós traçados, isto em quaisquer áreas e em quaisquer momentos que estejamos vivendo. O que não se pode deixar de dizer é que todo esse potencial sozinho não causa nenhum efeito e, por mais que isso pode ser até muito evidente, muitas são as vezes que vemos o tal “pensamento positivo” substituindo o lugar da dedicação, do investimento e do trabalho, aspectos que precisam de investimentos intensos por parte de todo aquele que deseja alcançar algum ponto.
  • [ A educação no Brasil precisa melhorar – e muito! ]
    Francisca Romana Giacometti Paris
    Infelizmente pudemos constatar que metade dos estudantes que estão cursando o último ano do 1º ciclo do Ensino Fundamental no Brasil pode ser considerada analfabeta funcional e quase um quarto dos que concluem o Ensino Médio sai da escola sem ter se apropriado de saberes escolares básicos. Esses dados, já esperados, foram evidenciados recentemente pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Somado o resultado do Saeb à taxa de rendimento escolar que mede aprovação e evasão e ao desempenho dos alunos na Prova Brasil (exame federal que avalia a qualidade da educação pública), obtém-se o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).
  • [ Momentos em Família ]
    Um Convite Especial
    Natal? Momento entre família? Por que não fazermos esse exercício durante o ano todo? Desta forma, evitaríamos as eventuais surpresas com o tamanho do sobrinho que nasceu no começo do ano e que nunca mais vimos, com o novo namorado da sobrinha, com as indelicadezas de uma tia sem “papas na língua” e outras muitas situações comuns quando só encontramos nossa família em datas especiais ou específicas. A família precisa estar juntas em todo o tempo, em todos os momentos, pois é dela a razão para muito do que somos, para muito do que nos tornamos, ainda que biologicamente falando.
  • [ Qual é a escola ideal para meu filho? ]
    Ricardo R. Irigoyen
    Chega fim de ano, mais um ano escolar que acaba. O boletim final nos é apresentado pelos nossos rebentos. Alegria ou decepção. Outras vezes fica a pergunta: Será que está na escola certa? Existem vários tipos de pais. Aqueles que acreditam piamente que qualquer decisão que eles tomem pelo seu filho é a certa. Outros que sempre ficam na dúvida e vão atrás da opinião de alguém que “sabe mais”. Alguns até não sabem o nome da escola do filho, é problema do conjugue que tem a custódia, somente está preocupado com a mensalidade. Também há aqueles que fazem a escola junto com os filhos, sempre estão atentos a qualquer problema e evitam que o filho sofra qualquer constrangimento. Enfim, somos diferentes, famílias diversas, situações complexas, decisões particulares.
  • [ A orquestra ]
    Ricardo Rolando Irigoyen
    Quando tinha nove anos de idade, meu pai comprou ingressos para a ópera e minha avó me levou. A partir desse momento passei a curtir a música clássica. Alguns anos atrás esse momento foi revivido na minha mente. Lembro-me como se fosse hoje que o que mais me impressionou, ao entrar no Teatro Colón, foi o barulho (só posso definir assim) da orquestra afinando individualmente seus instrumentos. Parecia uma cacofonia de sons sem sentido. De repente, entrou um senhor muito distinto com uma vareta na mão e se fez um silencio absoluto na orquestra. Cumprimentou ao público e dirigiu-se a uma plataforma.
  • [ Felicidade e Emoções Positivas nos Contextos Educacionais ]
    Célia Maria Lameiro Rodrigues
    Para adentrar ao tema da educação, precisamos deixar claro, antes de tudo, se estamos fazendo referência às ações educativas que se estabelecem entre as pessoas nas interações sociais, familiares ou escolares. Tanto no âmbito social, quanto no familiar ou escolar, inúmeras são as dificuldades enfrentadas neste momento atual das sociedades contemporâneas, lembrando que muitas das nossas crianças e adolescentes não têm limites, demonstram agressividade, não aceitam as frustrações, questionam os deveres e responsabilidades e não vivenciam relações harmoniosas pautadas por valores como a tolerância, cooperação, solidariedade e o respeito.
  • [ A liberdade ]
    Estímulos advindos da sala de aula
    Estas belas palavras estão presentes no filme “A Língua das Mariposas”, as quais foram pronunciadas pelo Dom Gregório (Férnan Gómez) ao conversar com outro personagem acerca dos seus conceitos de liberdade, democracia, republicanos, conceitos estes que o levaram à prisão em dado momento do filme. A Língua das Mariposas, apesar de ser recomendado apenas para maiores de 14 anos, é um filme que retrata muito do que desejamos para nossos alunos, muito do que desejamos para nossos filhos, muito do que desejamos para nós mesmos, ou seja, a liberdade.
  • [ Estímulos à Criatividade ]
    Despertar do prazer de escrever
    Muitos professores acreditam que podem usar o período de férias de seus alunos, de modo que sempre solicitam a confecção de uma redação sobre este período. Esta estratégia pode ser muito válida, acredito, se o professor, antes de solicitá-la, desenvolver alguns momentos de reflexão, de modo a abordar questões realativas a este período, tais como os programas televisivos que assistiram, os momentos dentro de casa, o acordar mais tarde ou até mesmo o cochilo no período da tarde, as brincadeiras nas ruas, as horas a mais que passaram em frente ao computador ou o videogame e assim por diante.
  • [ A ampliação do olhar no poder da escola ]
    Questionamentos e problematizações
    Antes de se ensinar a ler e a escrever, toda escola poderia mudar um pouco a perspectiva e se empenhar em ensinar o aluno a olhar, a olhar mais criteriosamente, de modo que a identificação de detalhes fosse realmente possível. Se assim fizer, a escola e o professor perceberão que a arte de ensinar e a arte de aprender ficam muito mais fáceis, muito mais evidentes, da forma como desejamos que sejam. A tal desejada e requisita produção escrita, por exemplo, não começa na mão do aluno que precisa escrever diante da solicitação de seu professor, o qual solicita a confecção de uma redação sobre as férias escolares ou afins...
  • [ Motive-se, professor ]
    Papéis desempenhados com amor
    Todo professor já se viu desempenhando papéis de psicólogo, médico, pai e mãe de alunos, de seus alunos, os quais estão diariamente em contato conosco em nosso dia a dia. Até mesmo quando o dia se finda, muitas são as vezes eles se deparam com outras crianças, jovens e até mesmo adultos que os fazem lembrar daqueles que estão sob seus cuidados todos os dias... O dia a dia, em meio a tantos desafios, é possível que muitos dos sonhos que tivemos um dia ao optarmos por esta tão bela profissão estejam em fase de frustrações, pois quem é aquele que consegue tanto? O professor.
  • [ Quando as lembranças acontecem ]
    Gestos de gentileza virtuais e reais
    Redes Sociais, tais como o Twitter, Orkut, Facebook e afins são ótimos recursos para nos lembrar de datas que são importantes para nós e para todos os que estão, de algum modo, agregados às nossas páginas pessoais. Dias das Mães, Pais, Idosos, Crianças, Datas de Aniversários e afins são lembradas com uma facilidade muito superior a de alguns anos antes, tudo porque é muito mais simples abrirmos nossas páginas e descobrirmos, por exemplo, os próximos aniversariantes e, facilmente, encaminharmos uma mensagem que é capaz de promover sorriso, alegria e satisfação àqueles que a recebem.
  • [ Palavras que promovem a paz ]
    Ferramentas para a construção de bases sólidas para uma vida melhor
    Palavras são como ferramentas, as quais podem ser usadas para diversas finalidades, passando sempre pelo processo de comunicação, ou seja, ao usarmos palavras estamos em diversas situações comunicando algo a alguém. Há alguns anos, um senhor me disse que “toda palavra pode ser dita a toda pessoa – dependendo da forma como é falada”. Isto é verdade, pois tal como um artista diante de uma pedra de diamante que precisa passar pelo processo de lapidação, assim também nossas palavras precisam ser moldadas para transmitir a paz, e não a guerra como temos visto acontecer em diversos momentos.
  • [ Guiados pela mente e pelo coração ]
    O filtro que permite a verdadeira consciência
    Pensar em nossa mente como um filtro que impede as mais diferentes impurezas fixarem moradia e descerem aos nossos corações é lição importante para trabalharmos com nossos alunos em sala de aula, seja qual for a disciplina que lecionarmos. Em casa, na rua ou até mesmo dentro dos altos muros de nossas escolas, nossos alunos estão expostos a diversas situações desafiadoras que, violentamente, invadem suas mentes, causando uma série de conflitos.
  • [ A distância não traz cura ]
    A genuína atenção
    Certa vez ouvi alguém dizendo que para se viver de bem com a vida é necessário nos afastar de pessoas egoístas e pessimistas. Contudo, a distância não traz cura de nenhum mal a ninguém. Há a necessidade de calor humano até mesmo para as pessoas que insistem viver sozinhas, pois muitas das vezes elas só estão temendo serem enganadas, vítimas de pouco caso, ridicularizadas e menosprezadas e, por isso, afirmam para o outro e para si mesmas que é melhor mesmo ser e estar desacompanhadas em suas dores, em suas vitórias, em suas vidas.
  • [ Prisioneiros do passado ]
    Uma nova chance para nós mesmos
    É comum ouvirmos nossos alunos falando sobre grandes feitos do ano passado. Referem-se ao “ano passado” como se estivesse tão vivo quanto o presente e, até mesmo quando por um acaso falam de algum episódio não tão agradável, ainda assim mostram-se muito ligados ao que já passou, ao que não existe mais. Esta característica pode ser muito ruim, pois eles deixam de olhar para frente, para o futuro e podem tornar-se prisioneiros do passado a ponto de não identificarem as belezas do hoje, do agora. Este aspecto, contudo, não está presente apenas em nossos alunos, mas muitos de nós, já adultos, também sofremos atrás das grades desta prisão, grades estas que nos tornam pessoas conhecidas pela nostalgia que, não tomadas algumas precauções, pode minar nosso otimismo diante daquilo que hoje estamos vivendo.
  • [ Fontes de satisfação e de bem-estar ]
    A busca pelo bem também dos outros
    Ao sairmos por aí, é comum vemos pessoas angustiadas, incomodadas e insatisfeitas. O descontentamento é nítido, pessoas vão e voltam apressadamente todos os dias, tendo sobre a pele do rosto as mais duras e rígidas expressões. Muitas resolvem dedicar seus dias a manifestar suas frustrações e insatisfações e, ao verem um otimista passando despropositalmente por elas, assumem ainda mais uma postura de desagrado e desprazer. Tendências assim, ou seja, persistir em se manter longe das pessoas com uma atitude pessimista, afastam as pessoas de nós e, também, a felicidade de se ter qualidade de vida. Ora, não dá para continuar assim, é preciso pensarmos em investimentos mais agradáveis para aplicarmos às nossas horas, ou seja, em vez de reclamarmos daquilo que não está bom, podemos perfeitamente elogiar aquilo que está indo muito bem.
  • [ Entre a Paz e a Guerra ]
    A boa moradia de um coração distante da guerra
    Muitas são as pessoas que dia a dia estão em busca de paz, de verdadeira e duradoura paz. Erradamente, muitos a buscam em lugares desprovidos dos rumores da cidade grande ou de uma casa sem paz. Buscam-na num campo arborizado, no qual o único barulho que se ouve é o canto dos passarinhos que por ali se aventuram. Olhando assim, de uma maneira despropositada, dá até para pensarmos que a paz pode mesmo ser facilmente alcançada, mas isto é um engano que não pode ser perpetuado. Paz nada tem a ver com o silêncio que tanto nos faz bem após um dia muito tumultuado.
  • [ Pais ou heróis? ]
    Feliz Dia dos Pais!
    Quando transferimos aos nossos pais a ideia de heroísmo, não podemos de maneira alguma impor sobre eles a condição de seres inabaláveis, pois cada pai é um ser como qualquer outro, o que o difere é, na verdade, a forma tão especial que um dia ele se assumiu como pai, como nosso pai. Contudo, a ideia de heroísmo pode ser perfeitamente defendida se, com herói, quisermos dizer que ele, nosso querido papai, é (co) protagonista de uma grande história, a história da nossa vida, a qual foi e está sendo construída sobre as bases de ensinamentos indispensáveis para cada um de nós.
  • [ Alegre-se na felicidade do outro ]
    Exercício do verdadeiro amor ao próximo
    Algo que precisa ser tema de intensas e contínuas reflexões nos dias de hoje é, certamente, a tendência que temos de sermos indiferentes aos outros. É necessário refletirmos, pois a reflexão é um importante instrumento que nos permite repensar muitos pontos dentro de nós e, assim, mudarmos aquilo que não está adequado quando o que se quer é uma vida melhor.Contudo, quando a indiferença é vencida, ou seja, quando conseguimos pensar mais no outro, sensibilizando-nos com as lágrimas que escorrem pela face conhecida ou não, precisamos pensar também sobre até que ponto estamos conseguindo de fato sermos mais humanos, mais amigos, mais companheiros.
  • [ Formadores de Opiniões ]
    O poder de impacto sobre o outro
    Algumas pessoas não se sentem confortáveis ao pensar que são, de uma forma ou de outra, formadoras de opiniões, pois o peso da responsabilidade que envolve esta importante característica pode ser demasiadamente grande e insuportável (sem suporte) para alguns de nós. Ser formador de opinião não é uma condição apenas de jornalistas, críticos e professores. Formamos opiniões sempre que afirmamos para o outro qual é o nosso conceito e/ou nossa avaliação sobre alguma coisa.
  • [ É Tempo de Parar e Aprender ]
    Os ensinos que nos fizeram chegar onde estamos hoje
    Sempre que olhamos para as características das vidas das pessoas de algum pouco tempo atrás temos a sensação, muitas vezes desconfortável, de que nada é hoje como um dia foi. Parece que tudo foi mudando de uma maneira tão sorrateira que não nos permitiu perceber quantas mudanças permitimos adentrar em nós. Tais mudanças foram e estão sendo tão intensas que atualmente nem ao menos conseguimos passar para os nossos filhos e alunos os diversos ensinamentos que nossos pais, com métodos que hoje questionamos e os temos por antiquados, passaram-nos.
  • [ A verdadeira autoestima ]
    Exercitando a confiança em nós mesmos
    Todos nós em algum momento já ouvimos falar a respeito da importância de termos autoestima, ou seja, aquilo que é, basicamente, a estima ou o cuidado conosco mesmo, pontos fundamentais para nos reafirmar como pessoas capazes de cuidar de nós mesmos e, consequentemente, construirmos caminhos para conseguirmos ser verdadeiramente felizes. Contudo, o que em geral não é compreendido é o fato de não sabermos ao certo o que realmente caracteriza a autoestima. No caso, não se pode entender a autoestima sem a ela ligarmos a autoconfiança e é aqui que normalmente temos falhado muito.
  • [ A insegurança precisa ser vencida por nós mesmos ]
    Exercício para vencer em todos os tempos
    Todas as vezes que nos sentirmos inseguros frente a alguma situação precisaremos, no mínimo, fazer uma autoanálise e entender verdadeiramente se esta tal insegurança está ou não mascarando conceitos que precisam ser mais bem trabalhados dentro de nós mesmos, pois a insegurança demasiada é algo que precisa ser combatido antes que ela nos faça reféns de nós mesmos. Sentimo-nos inseguros, muitas vezes, porque é perfeitamente possível acreditarmos que esperar que o outro faça algo para nós ou por nós é muito melhor, pois nesta condição não precisamos, num primeiro momento, assumir a responsabilidade por aquilo que está ou não sendo feito ou simplesmente acontecendo.
  • [ A boa administração da saudade ]
    Instrução e reflexão para nossos alunos
    Sentir saudades é algo natural a todos nós e é também a prova de que já vivemos ou vivenciamos coisas que nos fizeram muito bem e, por isso, sentimos saudades. O que, no entanto, passa a não ser muito natural ou saudável para nós todos é o fato de anularmos o que estamos vivendo hoje, pois se nos prendermos ao eterno passado que um dia nos fez bem, não estaremos livres para descobrir os novos sabores que a vida nos oferece. Quando a dor da saudade é tão aguda que não se há esperança de encontrar remédio que apresente solução, é hora de rever os nossos conceitos e considerarmos as belezas que existem no hoje e no agora, as quais estão prontas para nos servir se a elas nós verdadeiramente buscarmos.
  • [ Os frutos e a tão sonhada felicidade ]
    Uma reflexão sobre ser feliz
    Se pararmos um pouco para pensar em algumas questões da nossa vida, perceberemos que muitas são as pessoas que querem que alguma coisa em suas realidades fosse diferente do que é hoje, agora. A insatisfação tem tomado conta de muitas pessoas, enquanto que o pessimismo tem sido, infelizmente, uma constante na vida de milhões de vidas que se rendem diante de algo que não as agradam e, por isso, passam longos momentos a reclamar e a questionar o porquê de sua realidade não ser diferente do que é e, desacreditadas na verdade que diz que toda realidade é modificável, deixam de lutar efetivamente por uma mudança de horizontes.
  • [ Escolhas ]
    A necessidade de tomada de decisão
    É comum em nossas vidas fazermos escolhas. Desde o amanhecer até o anoitecer estamos rodeados por diversas alternativas que estarão conosco durante todo o dia. Contudo, apesar de ser algo natural e comum a todos nós, escolher nem sempre é fácil, principalmente quando o grau de seriedade aumenta, pois o impacto que a escolha causará será visível aos olhos e corações de pessoas e situações que estejam envolvidas de uma forma ou de outra. Escolher envolve análise, mas esta análise precisa fazer jus a sua real definição, ou seja, as partes precisam ser devidamente separadas e friamente avaliadas e, talvez por isso, muitos de nós temos sérias dificuldades para analisar, uma vez que ainda que dividamos o objeto de nossa análise em partes, nossa avaliação dificilmente é fria, pois de alguma maneira sempre fazemos refletir nossos conceitos e crenças sobre o que está diante de nós.
  • [ “Todo ponto de vista é a vista de um ponto” ]
    Leitura e compreensão do mundo
    Antes de formularmos e manifestarmos quaisquer pensamentos, conceitos ou preconceitos a respeito de algo ou alguém, é interessante atentarmos para a célebre frase de Leonardo Boff que intitula o presente artigo, a qual faz parte de seu livro A Águia e a Galinha. Isto porque todos enxergam o mundo e elaboram seus pontos de vistas (conceitos) de acordo com o ponto em que estão, seja este ponto real e concreto ou imaginário e psicológico. Como Leonardo mesmo disse no citado livro, a cabeça pensa de acordo com o lugar onde pisam os pés e, por isso, nós que somos pais e professores precisamos fazer de nossos lares e escolas um lugar justo a todos, com igualdade de condições. A escola e a casa devem ser lugares em que a criança aprenda desde cedo a pluralidade do mundo, no qual situações e circunstâncias podem contribuir para determinado condicionamento de pessoas.
  • [ Influências ]
    Ainda que influenciados, somos responsáveis por nossos próprios atos
    Em todos os momentos sofremos influências de diversos tipos. A televisão, a internet, a rádio e os mais diversos meios de comunicação querem nos influenciar a adquirir algo, a pensar de determinada maneira, a sentir vontade de comprar alguma coisa, a amar ou a odiar algo... Sem exercer influências, nem as mais fortes campanhas de publicidade jamais conseguiriam nos levar a tanto, aliás, o que seria das propagandas sem o poder da influência? Por estes e outras razões, temos que zelar a sermos donos de nós mesmos e não nos deixar influenciar por propagandas de diversas ordens, como se fôssemos folhas secas soltas pelo ar, as quais são levadas para onde o vento desejar, incapazes de oferecer qualquer reação diante daquilo que se propaga tão magistralmente.
  • [ Avaliação Diagnóstica ]
    Identificar problemas e planejar soluções
    Um dos conceitos de avaliação é análise, ou seja, avaliar é lançar mão de uma totalidade de coisas, dividindo-a em partes para permitir que cada uma das partes seja devidamente e rigorosamente examinada. Ao se aplicar avaliações no decorrer do ano letivo, o professor precisa ter claro dentro de si o que é realmente o ato de avaliar, pois muito mais do que dar uma prova, a avaliação é uma excelente ferramenta para identificar quais ações em sala de aula podem ou não ter continuidade. Além disso, a avaliação não pode ser apenas tratada como algo destinado aos alunos, mas sim, ao aplicar uma avaliação, o professor também tem a oportunidade de rever conceitos e valores sobre sua prática, enquanto um profissional comprometido realmente com o bom desenvolvimento de seus alunos.
  • [ Para Todas as Mães - Hoje e Sempre! ]
    Com palavras não é possível expressar esta beleza
    É comum ouvirmos palavras bonitas sobre o dia das mães em épocas assim. Mas em nenhuma das belas palavras proferidas nesta data tão amada por todos nós o verdadeiro significado é superado. A beleza do ser mãe não está em letras e expressões muito bem-colocadas. Muito mais que gerar vidas, a beleza é materializada em cada gesto que conduz à paz e à esperança as vidas que um dia estiveram dentro de si.
  • [ As aparências enganam ]
    Consumismo exagerado
    É comum vermos casos de pessoas que já sofreram algum tipo de agravo diante de outras pessoas pelo simples fato de suas vestimentas ou forma de falar não demonstrarem quem realmente são. Talvez por isso, ou seja, para fugir de uma interpretação simplória sobre si, várias pessoas se arrumam de maneira a ostentar sua (possível) pomposa conta bancária e, ainda, sua capacidade de reação diante de quaisquer desagrados, por menor que eles possam ser.
  • [ Individualismo e Solidão ]
    Tendências da vida moderna
    Falar de individualismo é falar também de egoísmo, tendência que é cada vez mais presente em dias de modernidade e de perda de bons valores que, por algum motivo, não estão sendo repassados aos nossos filhos e alunos. É cada vez mais comum vermos adolescentes, jovens e alguns adultos desrespeitando o idoso, a gestante, o deficiente físico ou quaisquer pessoas que, momentaneamente ou não, estão numa condição em que precisam de cooperação mútua e de compreensão. Para se ter ideia de como as coisas estão ultimamente, certa vez uma criança na faixa etária de 6 anos, uniformizada para ir à escola, entrou num ônibus lotado de pessoas que diariamente o utilizam para se encaminhar aos seus trabalhos.
  • [ Fechamento de Ciclos ]
    Momentos de Mudanças
    Criar hábitos é tendência que todos nós temos. Cria-se o hábito de acordar sempre no mesmo horário, fazer as primeiras higienizações pessoais do dia sempre com a mesma pontualidade, tomar um delicioso café da manhã no horário de costume, encaminhar-se para o trabalho de anos de dedicação e tantos outros hábitos que temos diariamente em nossas vidas. São costumes que nos marcam tal como nossa própria identidade e, talvez por isso, não queremos, em nenhuma hipótese, que eles sofram processos de mudanças ou alterações.
  • [ Super-Heróis – Sem erros, sem medos ]
    A inadmissibilidade do erro
    Estamos vivendo dias em que a sombra do menor erro é tida como fatalidade, como algo que nunca e em nenhuma hipótese poderia ter acontecido. As proporções que sentimentos naturais de todo ser humano, como o medo, as saudades, o arrependimento e, pasmem, até o direito de errar, são assustadoras, pois prega-se o modelo de super-herói, ou seja, seres humanos que perderam o direito de experimentar sensações naturais a sua condição intransferível de pessoa.
  • [ Efeito anestésico ]
    A indiferença diante do mal
    Ao tomarmos conhecimento do acontecimento de alguma coisa boa ou ruim, a sensação é sempre de agitação e de barulho, pois o imprevisto aconteceu, algo que toma conta dos noticiários veiculados de diversas maneiras. A agitação, contudo, parece ter data de validade, uma vez que sempre chega um momento que as sensações vividas ao acontecer de novidades, sejam ou não positivam, vão mudando de características até o esgotar de qualquer percepção diante daquilo que num dado momento foi novo.
  • [ Antes de toda plantação, a terra precisa ser trabalhada ]
    A famosa lei da semeadura
    Uma das grandes causas de tantas insatisfações hoje em dia é, sem dúvidas, o fato de querermos colher onde nunca plantamos. Não dá, é a famosa lei da semeadura, precisa plantar para depois ter o que colher. Há que se considerar que para haver plantação, a terra precisa ser trabalhada, o que, num mundo imediatista como o nosso, faz com que muitas pessoas tenham dificuldades para compreender esta verdade.
  • [ Dia Internacional da Mulher ]
    Igualdade e Diferenças
    Conheço muitas mulheres que buscam, incessantemente, ter os mesmos direitos dos homens. Porém, acredito que isso só pode ser válido se com “direitos iguais” estiver entendido o conceito de “direitos do ser humano”, e não apenas direito de mulher ou direito de homem. Antes de comparar-se ao homem, a mulher precisa compreender que todas nós, como o que é perfeitamente natural ao ser humano, temos características diferentes, não sendo, assim, uma questão de ser melhor ou pior a alguém, mas considerar a riqueza que existe na diversidade.
  • [ Você Deseja ou Apenas Sonha? ]
    Quando o querer é maior que o sonhar
    Todas as pessoas podem ter sonhos, metas, objetivos... e desejos. Contudo, aquelas que intencionam atingir metas ou alcançar objetivos precisam definir o ponto de chegada que se quer alcançar, pois não se sabendo aonde chegar, nunca se chegará a lugar nenhum. Vale pontuar que não é somente o ponto de chegada que precisa de atenção para que se tenha sucesso na realização de sonhos/desejos.
  • [ Dicas para a primeira semana de aula ]
    Márcia Rodrigues
    O início do ano letivo em muitos municípios já começou esta semana e, em outros, está em vias de iniciar. Para que este começo seja agradável a todos, daremos algumas dicas para afastar a insegurança das crianças neste momento.
  • [ Primeiro dia de aula – Novo começo ]
    Superação e experiência
    No primeiro dia de aula, o aluno tende a querer fixar a sua imagem, de forma a ser visto/reconhecido pelos demais colegas e professores de uma determinada forma. Esta maneira é, para ele, a melhor para se conviver num ambiente, no qual ele passará tempo significativo de seu dia e de sua vida, ou seja, a sala de aula repleta de outros alunos que passarão a partilhar diversos momentos juntos.
  • [ Agenda cheia, coração vazio ]
    Nossa lista de prioridades
    Agenda cheia, coração vazio. É assim que muitas pessoas se veem em dias tão tumultuados com assuntos indispensáveis, ou seja, reuniões, congressos, e-mails a ser encaminhados/respondidos, contas e mais contas a pagar... Mas será mesmo que os assuntos que tomam todo o nosso dia e levam o nosso vigor deixando-nos exaustos, são mesmos indispensáveis ao nosso bem-estar? Para responder a isso é necessário responder primeiro o que é que realmente nos proporciona o conforto, a satisfação e a paz.
  • [ Sua vida, sua história ]
    Responsabilidade pessoal
    Somos o resultado das escolhas que fazemos, sejam ou não realizadas sabiamente. É uma realidade inquestionável, nada do que fazemos, falamos, sentimos é jogado num vazio, que se perderá. O que fazemos hoje terá, certamente, respostas em algum momento no futuro. Daí a necessidade de repensarmos sobre nossa responsabilidade no que diz respeito a nós mesmos. Estamos mesmo plantando árvores que darão bons frutos ou estamos vivendo sem nos preocuparmos com o impacto que as nossas ações, palavras e sentimentos podem causar no outro e, hora menos hora, em nós mesmos?
  • [ Um inimigo dentro de casa ]
    Programação televisiva inadequada
    Estar dentro de casa, há algum tempo, era sinônimo de segurança e proteção, afinal de contas, qual mãe não ama ouvir o barulho da fechadura da porta, denunciando a chegada do filho no seu lar? Ainda hoje vemos crianças pequenas sendo buscadas da escola por seus pais ou, na ausência destes, por alguém que seja de inteira confiança, numa tentativa de salvaguardar seus filhos da violência, da malícia, do engano e de tantos outros males que assolam o mundo.
  • [ O que praticam as escolas? ]
    Avaliações ou Exames?
    A concepção apresentada pelos PCN a respeito do processo de Avaliação da aprendizagem vai buscar sentido na idéia de compreendê-la como parte de um processo, onde educadores e toda a comunidade escolar encontram elementos para refletir sobre sua prática.
  • [ A avaliação da aprendizagem nos dias de hoje ]
    Por uma avaliação mais abrangente e enriquecedora
    Nos dias de hoje, a avaliação da aprendizagem não é algo meramente técnico. Envolve auto-estima, respeito à vivência e cultura própria do indivíduo, filosofia de vida, sentimentos e posicionamento político. Embora essas dimensões não sejam perceptíveis a todos os professores, observa-se, por exemplo, que um professor que usa o erro do aluno como ponto inicial para compreender o raciocínio desse educando e rever sua prática docente...