Logotipo do Planeta Educação

Fazer busca detalhada


placeholder for flash movie

Universo Escolar
Sílvio Ferreira Leite Educador

Comportamento - 06/03/2007
A violência e suas conseqüências

Infelizmente todos nós estamos sujeitos a algum tipo de violência. É difícil encontrar alguém que nunca tenha presenciado pelo menos um ato violento. 

Ao mesmo tempo, cresce cada vez mais o número de pessoas que já foram vítimas de agressão. Então a gente se pergunta: por que certas pessoas são violentas?

Elas agem assim por muitas razões. Algumas fúteis, outras nem tanto, mas nenhuma se justifica. Tem gente que gosta de viver situações de perigo. 

São pessoas que começam violando algumas regras de conduta. Sabem que estão erradas, mas sentem prazer nesses pequenos desafios. 

O que nos choca é que atitudes agressivas ferem o respeito que o ser humano deve ter pelo outro. 

Além disso, quem é violento nunca pensa no quanto afeta a vida do semelhante com suas atitudes.

Hoje há mais violência do que antigamente?

Atualmente, as ocorrências de crimes e violência são cada vez maiores. Ninguém sabe se o número está aumentando realmente, ou se há apenas mais divulgação. 

Todo mundo possui TV e fica sabendo dos fatos violentos que acontecem. Eles são notícia e os noticiários do gênero têm boa audiência. 

Como muitos crimes e atos violentos chegam ao conhecimento do público, podem dar a impressão de que estão aumentando. Não há certezas a respeito. 

Há pouco tempo, a televisão foi apontada como incentivadora da violência, por causa do conteúdo de seus programas e filmes. 

E também porque faz propaganda de produtos sofisticados, que a maioria não consegue comprar.

Alguns especialistas acham que a divulgação da violência na TV, nos filmes e nos jornais, faz com que passemos a aceitá-la com mais facilidade. Outros discordam e apontam as drogas como a grande vilã, principalmente entre os jovens. Justificam dizendo que o drogado precisa manter seu vício, sai à rua, furta, assalta. Há também quem responsabilize os pais pela excessiva liberdade que dão aos filhos. De qualquer modo, qualquer que seja a causa, cabe ao adulto esclarecer ao jovem que a violência e o crime são inaceitáveis.

Como a violência começa?

Existem casos de famílias onde os adultos brigam entre si, agridem as crianças, acabam com a harmonia que deve existir no lar e criam um clima insuportável. 

Certas teorias afirmam que pessoas expostas à violência passam a agir violentamente.

Há pais que maltratam até mesmo os bebês, em momentos de impaciência ou quando estão tensos.

Eles se valem de seu tamanho e força para obrigar as crianças a obedecê-los. Assim, a violência passa a fazer parte do mundo da criança. 

Ela cresce acreditando que é um modo natural de agir e provavelmente também será violenta, pois não saberá expressar seus sentimentos de outra maneira.

Como impedir atos violentos?

Já surgiram muitas idéias, planos e projetos para impedir a violência. Mas não há uma forma eficiente e definitiva de acabar com ela. 

Há quem sugira punições mais severas, acreditando que isso levaria as pessoas a pensar duas vezes antes de cometer atos violentos.

Outros teorizam que o agressor precisa ser levado a avaliar o efeito de suas ações sobre as vítimas, pois se compreendessem o sofrimento que provocam, poderiam mudar sua maneira de agir.

Especialistas no assunto, no entanto, concordam que o castigo, por si só, não modifica o comportamento de ninguém. 

Defendem que é importante informar as crianças sobre os problemas da violência. O

s jovens devem ser levados a compreender o certo e o errado para agir conscientemente e não apenas por medo.

Como os jovens consultados desculpam a própria conduta dizendo que não têm nada para fazer, muitos adultos desejam que as autoridades invistam mais em centros esportivos e de atividades, para evitar que os jovens sintam tédio.

É preocupante o aumento da criminalidade e da agressão

A pessoa que pratica um ato violento não prejudica só a vítima. Também quem assiste, e mesmo os que apenas ficam sabendo, sofrem os efeitos indiretos da ação. 

A violência é inaceitável. Ela destrói a base do relacionamento humano, fere valores como respeito e solidariedade, além de afastar o agressor do convívio social. 

É urgente que as autoridades, os pais, os professores e toda a comunidade entendam que jovens e adultos com problemas relacionados ao crime e à violência precisam de ajuda. 

Todos devem se unir em busca de uma solução. Ninguém precisa suportar a violência. Quanto mais gente se unir, mais chances teremos de combatê-la.

Oriente seu filho

A fugir das provocações e agressões.

A evitar, ignorar e não enfrentar quem é nervozinho.

A não dar endereço nem telefone a quem não conhece.

A não aceitar presentes de estranhos ou convites para passear.

A nunca abrir a porta sem saber para quem.

A entrar em qualquer loja e pedir ajuda, se for seguido na rua.

A gritar e fazer o maior escândalo, se tentarem agarrá-lo.

Avaliação deste Artigo: 3 estrelas
COMPARTILHE

DeliciusDelicius     DiggDigg     FacebookFacebook     GoogleGoogle     LinkedInLinkedIn     MySpaceMySpace     TwitterTwitter     Windows LiveWindows Live

AVALIE O ARTIGO





INDIQUE ESTE ARTIGO PARA UM AMIGO










2 COMENTÁRIOS

1 Geraldo Gomes - São Paulo
Medíocridade,medíocridade,é somente o que há no texto acima!Esse meu comentário não será postado,pois o mesmo não é medíocre e muito menos violento. Conhecem algum ser humano homem ou mulher, talentosa ou genio na prática da nãoviolência?Qual dos senhores ou senhoras não é conivente com À FOME no planeta?Qual dos senhores ou senhoras não é conivente com a matança de 100 milhões de animais anualmente para atender as vossas vaidades[cosméticos,medicamentos,perfumes eetc.etc.etc]?Quais dos senhores ou senhoras tem coragem para desafiar as verdades que são mentiras?Ex.O engôdo da essência do artigo xxv da declaração universal dosDireitos Humanos e etc.etc.etc.Poderiam me dizer onde está localizado o museu da PAZ?viva e muitos vivasA CULTURA!Saibam que:A violência é uma indústria fabricada pelos seres humanos{SEM EXCEÇÂO]que gera lucros e que proporciona felicidades.E o mais lamentável é:Exceto eu,não existem seres humanos capazes de renunciarem e de repudiarem os meios que fazem com que o espíritoda violência alimentese e floresça.Ex:O que estás fazendo de diferente dos demais seres humanos?Eu sei como acabar com a violência e através do blog[www.geraldogomes.blogspot.com}faço uma radiografia das vossas ações inteligentes e louváveis que traduzem explícitamente o porque das vossas reclamações.Meu tempo de ser enganado já terminou,provemme que não são violentos e mostremme um região terrestre que A FOME tenha sido erradicada por vossas ações.Se desejam não mais serem praticantes da violência entrem em contato comigo para que possamos iniciarmos a PRIMEIRA ERA da nãoviolência no planeta terra.Assegurolhes que é mais fácil:Acreditar em Deus,fazer sexo,vincularse as inutilidades e reclamar da violência.NOTA:A violência mais praticada pelos reclamantes da violência é: A INDIFERENÇA. Muitas coisas boas para todos e boa tarde!
09/02/2009 12:19:53


2 Ilana Wanderley de Medeiros - Malta-PB
Dicas importantes com conteúdos pr refletirmos.
18/04/2008 20:05:18


ENVIE SEU COMENTÁRIO

Preencha todos os dados abaixo e clique em Enviar comentário.



(seu e-mail não será divulgado)


Os conceitos e opiniões emitidos em artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores.