Logotipo do Planeta Educação

Fazer busca detalhada


placeholder for flash movie

Planeta Cultura
Elisete Oliveira Santos Baruel Diretora de Educação da Vitae Futurekids; Pedagoga; Especialização e Extensão na Área da Aprendizagem e Fracasso Escolar pela USP; Especialização em Gestão em Educação e Novas Modalidades de Ensino – Educartis Corporation pela FECAP – Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado; Estágio Supervisionado no Projeto Educativo “Fazer a Ponte” – Ministério da Educação de Portugal e Study Group Reggio Emilia – Itália – Preschools and Infant-Toddler Centers – Istituzione of the Municipality of Reggio Emilia – Friends of Reggio Children International Association. E-mail: elisete.baruel@fk1.com.br

Fundação Dorina Nowill para Cegos - 26/10/2006
Conhecendo a Fundação

No Brasil existem entidades dedicadas ao trabalho com pessoas que apresentam algum tipo de deficiência, visando à busca de caminhos para a inclusão dos deficientes na sociedade, garantindo a eles igualdade de direitos e uma vida digna.

A Fundação Dorina Dowill é exemplo de uma instituição séria e comprometida com seus ideais, apresenta um percurso de vida institucional exemplar e há muito tempo luta para modificar “olhares e pensamentos que teimam em excluir o diferente/deficiente”.
Vale a pena conhecer a Fundação!

História da Fundação

A Fundação Dorina Nowill para Cegos, antiga Fundação para o Livro do Cego no Brasil, foi oficialmente fundada em 11 de Março de 1946, pela iniciativa da professora Dorina de Gouvêa Nowill e da Senhora Adelaide Reis Magalhães, com a colaboração de um grupo de voluntários.

1945Primeiras Atividades.
As primeiras atividades da antiga Fundação para o Livro do Cego no Brasil foram destinadas exclusivamente a suprir as necessidades de livros em Braille para estudantes e pessoas cegas. Essas atividades, que inicialmente tiveram o apoio da Cruz Vermelha Brasileira, eram realizadas por um Grupo de Voluntários que transcreviam os livros em Braille por processo manual. Os alunos do Curso de Especialização de Professores para Cegos da Escola Caetano de Campos, liderados por Dorina de Gouvêa Novill treinavam os voluntários para esse trabalho. Essa foi a semente que culminou na criação da Fundação. Atividades funcionando em sala cedida pela Cruz Vermelha.


1946 – Criação.
Criação da Fundação para o Livro do Cego no Brasil. Registro de Escritura e primeiro Estatuto.

1950Instalação da Imprensa Braille.
Com o desenvolvimento das atividades, a continuidade do apoio de voluntários, a colaboração dos Governos Municipal e Estadual e com doações de equipamentos obtidos da American Foundation for Overseas Blind e Kelog Foundation for the Blind, dos Estados Unidos, instalou-se na Fundação a Imprensa Braille para produção industrializada de livros em Braille. A sede da Fundação foi transferida para os baixos do antigo Trianon na Avenida Paulista, em São Paulo. Criação da 1ª Classe Braille experimental na Escola Caetano de Campos.

1951Criação do Departamento de Serviço Social.

1952Iniciado o Serviço de Professor Domiciliar.
Iniciado o Serviço de Psiquiatria e lançamento da Pedra Fundamental para construção da nova Sede em terreno cedido pela Prefeitura Municipal de São Paulo à Rua Doutor Diogo de Faria, 558 em São Paulo, onde funciona até hoje.

1953Visita de Helen Keller.

1954Transferência Para a Nova Sede.

1955 - Criação do Departamento de Educação Especializada.
Em convênio com a Secretaria de Estado da Educação, que funcionou na sede da Fundação até 1966, esse Departamento iniciou e desenvolveu o ensino integrado de estudantes cegos em São Paulo, incluindo o estímulo à Legislação estadual para o ensino do cego.


1956 - Criação do Serviço de Assistência Médica e Prevenção da Cegueira.
Realização com o IBGE e Secretaria de Estado da Educação do primeiro levantamento educacional para localização de cegos na Capital de São Paulo.

1957 - Consultoria do Especialista Americano Joseph Albert Asenjo.
Consultoria do especialista americano Joseph Albert Asenjo (cego) com o patrocínio da ONU para: instalação da Unidade de Vendas para Cegos; instalação da Oficina de Treinamento de Cegos para o trabalho; colocação de pessoas cegas na Indústria e estudo para criação do 1º Centro de Reabilitação de Cegos.

1958 - Treinamento de Instrutores de Orientação e Mobilidade para Cegos.
Realização do primeiro Curso de Treinamento de Instrutores de Orientação e Mobilidade para Cegos por Joseph Albert Asenjo.

1959 Ações Significativas.
Primeiro Curso de Instrutores de Orientação e Mobilidade para Cegos no Instituto de Reabilitação da Faculdade de Medicina da USP, reorganização do Departamento de Serviço Social e levantamento de Crianças com Baixa Visão em idade escolar na Capital de São Paulo.

1960Criação do Serviço de Educação de Cegos-Surdos.

1962 – Criação do 1º Centro de Reabilitação de Cegos.

1966 - Criação da Unidade de Fabricação de Equipamentos.
Criação da Unidade de Fabricação de Equipamentos para uso de cegos e transferência do Serviço de Educação Especial para a responsabilidade da Secretaria de Educação do Governo do Estado.

1972Instalação da Unidade de Livro Falado Para Cegos.

1974 - Assembléia Geral do Conselho Mundial para o Bem Estar dos Cegos.
Realização da Assembléia Geral do Conselho Mundial para o Bem Estar dos Cegos e implantação do Projeto de Automatização da Imprensa Braille com a colaboração da IBM do Brasil.

1975 – Criação do Centro de Treinamento de Cegos para uso do Optacom.

1979 - Departamento de Educação Especial.
Instalação do Departamento de Educação Especial, criação do 1º Programa de Estimulação Precoce para Cegos no Brasil e criação do Serviço de Avaliação e Diagnóstico.

1980 - Processo de Automatização de Produção de Livros em Braille.
Inauguração pelo Presidente da República João Batista Figueiredo do processo de automatização de produção de livros em Braille

1984 - Novo Estúdio para Produção de Livros.
Inauguração do novo estúdio para produção de livros falados em cassetes comuns.

1989 - Sistema Informatizado de Produção de Braille
Aperfeiçoamento do Sistema informatizado de produção de Braille com instalação de estereótipos eletrônicos e apoio do Banco Itaú S/A.

1991 - Reestruturação Geral e Nova Denominação da Instituição.
Reestruturação geral e nova denominação: Fundação Dorina Nowill para Cegos e registro do novo Estatuto.

1996 - Inauguração da Nova Sede.
Inauguração da Nova Sede, restaurada com o patrocínio do Banco Safra S/A, Banco Itaú S/A, Indústrias Votorantim, Banco Bradesco S/A e inúmeras empresas e pessoas físicas.

2004 – Criação da personagem Dorinha, de Maurício de Sousa, em homenagem a Dorina Nowill e como um símbolo para a conscientização das crianças quanto à questão da deficiência visual.


MISSÃO DA FUNDAÇÃO

Oferecer produtos e serviços que propiciem aos deficientes visuais condições para assumirem o seu papel de cidadãos independentes, oferecer à sociedade informações e serviços a esse respeitos e participar ativamente de ações voltadas à prevenção da cegueira.

OBJETIVOS
Nos termos de seu Estatuto, a Fundação Dorina Nowill para Cegos tem por objetivo a divulgação do livro em sistema Braille, mas poderá desenvolver outros serviços em benefício dos portadores de cegueira ou de baixa visão nas áreas de: Educação, reabilitação, profissionalização e cultura; pesquisa e prevenção da cegueira; produção e distribuição de livros em Braille e outros veículos; produção e distribuição de materiais especiais e equipamentos para uso de deficientes visuais, prestação de serviços de assessoria e consultoria especializada a entidades congêneres e outras atividades que sejam consideradas necessárias ao atendimento de portadores de cegueira e baixa visão.


CONHECENDO A FUNDADORA

A professora Dorina de Gouvêa Nowill nasceu em São Paulo em 1919. Devido a uma patologia ocular ficou cega aos 17 anos. Como era dotada de uma inteligência brilhante, decidiu continuar seus estudos.
Entretanto, naquela época havia poucos livros em Braille para estudantes cegos. Por essa razão, reuniu um grupo de voluntários e criou em 1946 a Fundação para o Livro do Cego no Brasil, organização que em 1991, recebeu o seu nome pelo merecido reconhecimento de seu trabalho em prol da educação, reabilitação, cultura e profissionalização de pessoas cegas ou com baixa visão e na prevenção da cegueira.

A professora Dorina foi a primeira aluna cega a matricular-se em São Paulo, numa escola comum, para estudar junto com estudantes com visão normal. Formou-se professora na Escola Caetano de Campos.
Ainda como aluna, com a ajuda de alguns colegas, conseguiu que a Escola Caetano de Campos implantasse o primeiro curso de especialização de professores para o Ensino de Cegos em 1945.
Após diplomar-se na Caetano de Campos, viajou para os Estados Unidos da América, com uma bolsa de estudos patrocinada pelo Governo Americano, Fundação Americana para Cegos e Instituto Internacional de Educação para freqüentar um curso de especialização na área de deficiência visual na Universidade de Columbia e realizar estágios nas principais organizações de serviços para cegos.

Retornando ao Brasil dedicou-se ao trabalho pioneiro de desenvolver as atividades da Fundação, obtendo sempre o apoio de organizações estrangeiras, do Governo Brasileiro e de particulares.

Iniciou as atividades da Fundação em São Paulo, com a implantação da primeira imprensa Braille para produzir livros em Braille e foi responsável pela criação na Secretaria de Educação de São Paulo do primeiro Serviço Especial para Educação Integrada de Alunos Cegos na Escola Comum. Foi Presidente da Fundação Dorina Nowill para Cegos desde 1946 e hoje ocupa o cargo de Presidente Emérita e Vitalícia.

No período de 1953 a 1970 dirigiu o primeiro órgão nacional de educação de cegos no Brasil, criado no Ministério da Educação, Cultura e Desportos para implementar a criação de serviços especiais de educação de cegos e capacitação de profissionais para esses serviços ainda incipientes ou inexistentes na época.

Durante essa gestão realizou programas e projetos que implantaram serviços para cegos nas diversas unidades da Federação Brasileira, criaram cursos de preparação de professores para o ensino de cegos, cursos de preparação para professores de orientação e mobilidade, centros de reabilitação e programas de prevenção da cegueira.

Em nível internacional, trabalhou com organizações mundiais de cegos e órgãos da ONU, tendo sempre representado oficialmente o Brasil. Ocupou importantes cargos em Organizações Internacionais de Cegos, promovendo o desenvolvimento dos serviços para cegos no Brasil e em países da América Latina, por meio de intercâmbio técnico-científico e obtenção de ajuda internacional e estrangeira.

Foi um dos membros iniciadores do Conselho Mundial para o Bem-estar dos Cegos, hoje União Mundial de Cegos, órgão consultor, tendo sido a primeira mulher eleita para assumir a Presidência desse Conselho. Trabalhou intensamente para a criação da União Latino Americana de Cegos – ULAC.

Atuou na OIT, sendo uma das responsáveis pela aprovação da Convenção 159 e da Recomendação 168, as quais por seu empenho foram ratificadas pelo Governo Brasileiro e transformadas em lei em 1991, beneficiando pessoas cegas na área do trabalho.

Ao longo de sua trajetória de trabalho sempre teve grande preocupação com a prevenção da cegueira, atuando diretamente na implantação de programas para esse fim.

Grandes nomes da oftalmologia foram seus parceiros e, entre eles, são lembrados Dr. José Mendonça de Barros, Dr. José Gouvea Pacheco, Dr. Renato Toledo, Dr. Moacir Álvaro, Dr. Rubens Belfort Matos, Dr. Armando de Arruda Novaes, Dr. Osvaldo Gallotti, Dr. Oswaldo Monteiro de Barros, Dr. José Carlos Reis, Prof. Hilton Rocha, Dr. Newton Kara José.

Realizou campanhas, participou de eventos e de Comissões no campo da prevenção da Cegueira tanto no Brasil, como no exterior. Por meio de seus esforços na OMS e no Governo Brasileiro, obteve a criação em São Paulo, do primeiro Centro Colaborador de Prevenção da Cegueira no Brasil, localizado na Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo – Serviço de Oftalmologia Sanitária.

Teve também atuação destacada no Conselho Internacional de Educação de Deficientes Visuais. Durante os cinqüenta e seis anos de existência, a Fundação que leva seu nome já produziu mais de mil títulos (100 mil volumes) e atendeu mais de 10.000 pessoas nos diferentes serviços de atendimentos.

O reconhecimento mundial da atuação da professora Dorina em prol do desenvolvimento e da inclusão social de pessoas com deficiência visual é concretizado por meio de inúmeros prêmios, condecorações, títulos, comendas e outros concedidos por organizações de todo o mundo, pelo governo brasileiro e por organizações brasileiras.

Dorina de Gouvêa Nowill é casada com Edward Hubert Alexander Nowill, mãe de 5 filhos e 12 netos, é autora do livro "... e eu venci assim mesmo", uma autobiografia que relata seus 50 anos de trabalho, publicado em 1996.

Entre os prêmios recebidos mais recentes pelo Instituto Dorina Nowill destacam-se:
1992 – "Medalha de Reconhecimento Maçônico" – Loja Grande Oriente do Brasil;
1993 – "Ordem do Rio Branco" Grau Cavaleiro e Comendador – Presidência da República do Brasil;
1997 – "Medalha da Ordem do Mérito Naval" Grau Cavaleiro – Presidência da República do Brasil, por indicação do Conselho da Ordem Naval;
1997 – "Medalha Anchieta e Diploma de Gratidão da Cidade de São Paulo" – Câmara Municipal de São Paulo;
1997 – "Prêmio Direitos Humanos" Menção Honrosa – Presidente da República do Brasil;
1997 – "Diploma de Personalidade de Destaque no Brasil na área da Educação" – 10° Congresso Internacional do Conselho Internacional de Educadores de Deficientes Visuais;
2000 – Medalha e diploma "Brailista José Álvares de Azevedo", Conselho do Bem Estar dos Cegos, Rio de janeiro;
2001 – "Homenagem Dia Internacional da Mulher", Câmara Municipal de São Paulo. Indicação da Vereadora Myryam Athie;
2001 – Recebeu do Ministro da Educação, Senhor Paulo Renato Souza, o "Prêmio Educação", em nome da Fundação Porto Seguro.
Dorina de Gouvêa Nowill é casada com Edward Hubert Alexander Nowill, mãe de 5 filhos e 12 netos, é autora do livro "... e eu venci assim mesmo", uma autobiografia que relata seus 50 anos de trabalho, publicado em 1996.

Avaliação deste Artigo: 4 estrelas
COMPARTILHE

DeliciusDelicius     DiggDigg     FacebookFacebook     GoogleGoogle     LinkedInLinkedIn     MySpaceMySpace     TwitterTwitter     Windows LiveWindows Live

AVALIE O ARTIGO





INDIQUE ESTE ARTIGO PARA UM AMIGO










94 COMENTÁRIOS

1 DONIZETI APARECIDO CARAÇA - GUARULHOS
TENHO UM AMIGO CHAMADO LEONEL PAULINO PINTO, QUE ESTA CEGO À 3 ANOS, CAUSA RETINA, QUE DIZ HEREDITÁRIO, DO PAI, EXISTE ALGUM CURSO PARA CEGOS OU ASSISTÊNCIA EM GUARULHOS QUE POSSAM INDICAR. AGRADEÇO A ATENÇÃO DISPENSADA. DONIZETI.
08/04/2013 11:47:35


2 BRENO CAUDURO - RIO DE JANEIRO
Meu cunhado de mais de 60 anos porta a sindrome de Laurence Moon Biedl e dentre os outros problemas é cego e tem razoável retardamento mental. Veio morar comigo anos atras e hoje consegue prestar aten~ção somente ouvia radio e não se fixava, anteriormentea novelas da TV e similares. Estou encaminhando este pedido de sugetoes sobre que tipo de audio os srs. julgam que pode interessálo...pensei em comprar livros/audio mas todos são sérios e creio que ele não fixara atenção. Gostaria de receber quaisquer sugestões. Grato, Breno Cauduro
01/03/2013 11:23:30


3 Monique - Santo André
Boa Noite Faço Engenharia Biomédica na Universidade Federal do ABC, e estamos fazendo um projeto, na disciplina de Engenharia de Reabilitação e Biofeedback, que terá como objetivo desenvolver um jogoáudio que auxiliará crianças 3 a 7 anos portadoras de deficiência visual a aprenderem a utilizar a bengala. Entretanto, para darmos início ao projeto, necessitamos conversar com crianças ou, até mesmo, adultos, sobre como aprenderam a utilizála, sobre como é andar com ela, as dificuldades encontradas, entre outras informações. Será que através de vocês há a possibilidade de conversarmos com essas pessoas? Grata desde já, Monique
19/02/2013 20:19:41


4 Luciana Maria Mendes e Oliveira - Cachoeira de Minas MG
Estou ensinando Braille voluntanriamente nas férias para uma aluna que perdeu a visão por diabetes a seis meses e gostaria se saber onde ela conseguirá fazer uma reabilitação mais próxima de minha cidade. Ela tem 21 anos e estudou até 8º ano do ensino fundamental e sonha concluir os estudos, talvez pelo telecurso. Aguardo resposta .
21/01/2013 14:41:26


5 hortencia aparecida villela - aguanil
oi gostaria de saber de vcs onde faço curso rapido de horas na area da educacao especial q engloba varias sindromes.pq me formei em pedagogia e estou p concorrer uma vaga em fevereiro com um aluno nao seco mas com outras deficiencias.ai oq a diretora visa e quem tem mais curso d capacitacao e entao se ai faz esse curso por favor me ajudem....o mais rapido
14/01/2013 23:11:05


6 Leda Cerqueira Silva - São Bernardo São Paulo
como localizo as respostas às dúvidas acima. Gostaria de fazer leitura diretamente para cegos ou gravar fitas, especialmente livros para crianças, jovens e adolescentes.
11/01/2013 22:49:16


7 Soeli - Ponta Grossa
Sou professora na área mas preciso de apoio para ajudar a quem precisa. Gostaria de ter livros de Matemática,Física, Quimica, Geografia, História e outros em Thermoform. Estou angustiada ajudemme Obrigada
08/01/2013 21:06:45


8 Maria Stela de Almeida - madalenace
Sou professora municipal e estou coordenadora do Núcleo de Acompanhamento Pedagógico EspecializadoNAPE e ao adquirir noções sobre a leitura e escrita em Braille, criei um projeto denominado Pontos de Luz e o desenvolvo voluntariamente onde trabalho com a inclusão de quatro alunos deficientes utilizando material produzido por mim e um reglete e punção que tomei por empréstimo. Gostaria de saber como conseguir estes dois instrumentos. Obrigada!
11/12/2012 11:57:08


9 Astride Aguiar Freire Melo - Ubajaraceará
BOM DIA!!ME CHAMO ASTRIDE,SOU PROFESSORA E PSICOPEDAGÓGA,ATUALMENTE TRABALHO NUMA SALA MULTIFUNCIONAL ATENDENDO CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM DEFICIÊNCIA QUE ESTÃO EM SALA DE AULA.RECEBI UM ALUNO AGORA COM BAIXA VISÃO E ESTOU TENDO DIFICULDADES COM MATERIAIS,ESTOU ENSINANDO BRILLE PRA ELE,MAS ESTOU PRECISANDO DE MAIS MATERIAIS.GOSTARIA DE SABER SE VOCES PODERIAM ME ENVIAR ALGUNS LIVROS OU OUTROS TIPOS DE MATERIAIS QUE PUDESSE ME AUXILIAR.GOSTARIA TAMBÉM DE SABER COMO CONSSEGUIR MATERIAIS ADAPTADOS PRA ELE,ELE ESTÁ QUERENDO COMPRAR UM NOTBOOK PARA FACILITAR SEU APRENDIZADO. ME AJUDEM POR FAVOR!!UM ABRAÇO!
10/12/2012 11:51:17


10 Caroline Grava de Lima - São Paulo
Pessoa, quem tiver interesse, pode entrar em contato com a Fundação Dorina pelo telefone 11 50870971 ou pelo site www.fundacaodorina.org.br
23/11/2012 10:05:41


11 Lylia Freire - belo horizonte
Bom dia, trabalho no Projeto Quem Precisa e ajudamos crianças carentes na área da saúde e inclusão social. Oferecemos voluntários em esportes marciais e gostariamos muito de oferecer bolsas para incluisão de crianças carentes com deficiência visual nas artes de aikido e jiu jitsu. Gostaria de ajuda para localizar instituições de crianças com essa deficiência em Belo Horizonte. Parabéns pelo trabalho realizado. Um gde abç Lylia Freire 031 88771071
17/10/2012 11:55:37


12 Bianca Gund Machado - GravataíRs
Eu tenho um pai cego e adorei este site eu queria saber que tipo de atividades esta enstituição tem??
24/09/2012 11:50:38


13 Marta Maria Ferreira do Nascimento - São José da Coroa Grande
Olá!Sou professoraAEE trabalho com crianças especiais este ano estou com alunos cegos.E por nessecidade estou fazendo o curso de tiflologia recurso proprio tudo pra cego é muito caro compro folha para trabalhar com eles e custa trinta centávo uma folha, reglete quarenta e cinco reais,punção sete reais e um guia de assinatura sete reais.Sei que não vou poder comprar uma máquina braille nem um dicionário braille.O governante da minha cidade nem tá aí.Eu peço ajuda á vcs mesmo pedagógica.Trabalho com os meus materiais,braille.Não tem como eles leva atividade pra fica treinando em casa,isso só faz atrazar meu trabalho e os alunos na apredizagem.Nos ajude! Parabéns por sua ação.Obrigada!BOM DIA!DEUS nos guie...
26/08/2012 03:21:24


14 Osanir Maria Souza Flores - São João Itaperiú SC
Gostaria de receber livros em braile para leitura com o meu aluno.
23/08/2012 09:39:20


15 Marly dos Santos Alves - Fortaleza Ceara
Sou coordenadora do Curso de Pedagogia de uma Faculdade na cidade em que resido, recebemos este semestre um aluno com deficiência visual, preciso saber onde posso adquirir livros pedagogicos de pedagogia para a biblioteca da faculdade, já que temos um aluno especial, além de informações sobre materiais que posso utilizar com este aluno, já que é o primeiro caso na faculdade.
26/07/2012 23:43:48


16 maristela avila - porto alegre/rs
Gostaria de fazer um curso de braille, pois sou mãe de um jovem surdo profundo e portador de visão subnormal que vem se agravando a cada dia, e tbm sou professora da rede estadual, e contamos com uma sala de recursos na escola mas não há pessoal habilitado para trabalhar com cegos, tbm tenho um aluno do 3º ano com glaucoma, por tudo isso quero fazer o curso será que vcs podem me ajudar, por favor? Desde já agradeço, um abraço e obrigado.
08/07/2012 18:13:16


17 Marilene Aparecida Reginaldo Cardoso - Tijucar
Bom dia, sou professora do SAEDE dou aula para Def. Visuais estou recebendo uma aluna de 2 aninhos cega gostaria de receber estruções como atividades e quais as bricadeiras que passam deixar feliz etc.
03/06/2012 10:35:40


18 Elisabeth Alves de Souza - Brasília/DF
Bom dia. Gostaria que me informassem aonde posso adquirir/comprar livros em braile para a esposa de meu sogro que é cega. Ela é pedagoga,especialista em Docência do Ensino superior e quer se preparar para concursos. Mora em São Luis e não tem muitos recursos por lá. Gostaria e comprar a LDB e um livro e matemática, em brille. Se puderem me ajudar, agradeço antecipadamente. Atenciosamente, Elisabeth
13/04/2012 10:07:22


19 Ana Paula Ferreira da Silva - Belo Horizonte
Boa Tarde! Sou Ana Paula,Terapeuta Ocupacional, gostaria de dedicar minha vida aos deficientes Inclusão Social, Profissional e Educacional,Gostaria de saber como fazer cursos de Braille e conseguir uma bolsa de especialização aqui em Belo Horizonte.Por favor respondam meu email. Obrigada. Ana Paula
27/03/2012 15:57:24


20 MARIA LENI QUEIROZ FISCHER - marechal candido rondon
Trabalho no CAEDV E GOSTARIA DE FAZER UMA POS NA AREA VISUAL, ONDE CONSEGUIREI??? POR FAVOR ME AJUDEM.
19/03/2012 22:11:44


21 Francisca Regina Silva Moreira - Santos São Paulo
Oi eu estou cursando psicopedagogia vou fazer meu T.C.C, sobre D.V se possivél vocês poderiam indicar alguns livros que eu possa ler ou mandar por favor algum material que vocês tenham. Desde já obrigado.
26/02/2012 16:40:29


22 Raquel regis ferreira da silva - ceres goias
oi, meu nome é raquel regis, tenho 19 anos. Minha historia de vida é triste, estou aprendendo a lidar com meu problema agora, tenho pouca visao apenas 10 no olho direito e 20 no olho esquerdo sofri muito peconceito na escola até hoje nao terminei o segundo grau, fico muito triste pois minhas amigas ja estao na faculdade e eu fiquei pra tras, queria muito aprender e recomeçar do jeito certo, quero aprender e ensinar depois o braile em goiania se possive!! mandem mensagens em meu email me enformando sobre o dorina nowil onde fica e etc!!!
16/02/2012 17:28:23


23 Associação Inclusão, Arte, Educação e Cultura INARTE - Belo Horizonte
Somos os organizadores do Festival de Musica das Pessoas Com Deficiência Defestminas. Gostarias de um contato direto com esta instituíção para parceria e divulgação do Festival. gostaria também do contato da Microsoft, pr patrocinio e do Mauricio de Sousa pr a Campanha Ser Gentil Com O Deficiente. Nosso site: www.defestminas.com.br Contato: 3130549452 / 94723924 Vânia Elizabeth Presidente Muito obrigada
29/01/2012 17:58:15


24 Marisa - CuritibaPr
Olá, gostaría de ser voluntária : ensinando arte para todas as idades como a arte do fuxico, pintura em cerâmica com glazura.E também ajudar com a leitura para deficientes visuais. Graduada em Pedagogia, orientadora educacional. Extensão :arte inclusiva para deficientes visuais. Obrigada
02/01/2012 11:35:56


25 Danielle - Taubaté
Conheço duas mulheres cegas são irmãscom uma triste história. Gostaria de poder ajudálas. Por morarem sozinhas pois não têm ninguém da família os outros 5 imãos, também cegos, já morreram, tiveram que aprender a fazer tudo. Mas, há algo que as ajudaria a se incluirem na sociedade: uma máquina de braile. Além disso, gostaria de poder lhes dar alguns livros, seja de receitas, revista com notícias, mas não tenho idéiade onde encontrar. Poderiam me ajudar nisso? Será que seria possível conseguir essa máquina de braile em alguma isntituição? Aguardo contato. Obrigada
02/01/2012 02:06:18


26 Denise - sao paulo
Alguem respondeu o comentario numero 59? tb preciso de uma inst na zona leste, de pref em sao miguel.
18/11/2011 10:33:47


27 Aline - Rio de Janeiro
Sou responsável por um grupo cujo objetivo é a divulgação de oportunidades de emprego e desenvolvimento profissional para portadores de necessidades especiais. É totalmente gratuíto. Não sou da área de RH, trabalho como Webdesigner. Peço a sua ajuda para divulgar o grupo. Já há várias empresas divulgando vagas. Basta a pessoa se associar ao grupo e as vagas de emprego chegarão no seu email. Total praticidade e conforto na busca de emprego. E quando a pessoa conseguir o emprego, não precisa sair do grupo, basta desativar o recebimento de emails. Assim, quando ela quiser procurar emprego novamente, é só reativar o recebimento dos emails. Se a pessoa quiser entrar no grupo, basta enviar um email para: pneop@yahoogrupos.com.br e aguardar a aprovação Se a pessoa não gostar e quiser sair do grupo, basta enviar um email para: pneopunsubscribe@yahoogrupos.com.br A saída é imediata. Por favor, divulguem.
30/10/2011 18:59:09


28 Miriam v Rosa - São Paulosp
tenho uma alta miopia, não tenho a visão central do OD .OE tive um rompimento de vitril,tendo baixa visão,e risco grave de romper a retina.isso tem 1ano.estou fazendo tratamento ,de depresão. mas gostaria de uma orientação de um proficional da area, pois me sinto perdida nesse meu problema.se caso tiver alguem q possa me ajudar,a ter uma vida esclarecida. pos não sei nem usar a bengala q ganhei eu agradeceria muito...............
18/10/2011 21:11:11


29 Luciana Fonseca Kuhn Shimabukuro - Indaiatuba/SP
Sou estudante na faculdade Ceunsp/Itu e estamos desenvolvendo um projeto na aula de empreendedorismo e nossa meta é desenvolver um jogo/brinquedo para crianças cegas de 03 a 07 anos, gostaria de saber o qual o jogo/brinquedo que falta para ajudar/ estimular o desenvolvimento dessa criança, e qual material eu poderia me aprofundar para saber mais. Agradeço a atenção e espero resposta. Atenciosamente Luciana Shimabukuro
25/09/2011 20:49:24


30 lara lamego de amorim - sao paulo
gostaria de saber o nome de algumas escolas para minha filha de 6 anos que tem baixa visão,moro na zona norte e estou ficando preocupada com o meu anjo,ela frequenta uma escola particular e esta no 2 ano, mais percebo que ela tem dificuldades em relação a loza,dicionario....enfim, por favor me ajudem,
01/06/2011 00:12:06


31 Suely Sutto - São Paulo
Parabéns pelo trabalho de vcs, gostaria de uma informação, minha mãe com 67anos está com problemas de baixa visão há 02 meses, teve uma Neurite ótica e perdeu quase que total a visão, tenho medo que ela entre em depressão pq ainda não aceita isso. Como eu faço para levá para conhecer a entidade e poder participar de alguma atividade para que ela não fique tão angustiada com esse problema.. Abraços.....
12/05/2011 15:05:09


32 Cinthia - Brasília
Oi, gostaria de saber mais sobre gravação de livros. Tenho uma boa dicção e as pessoas dizem que tenho uma voz bonitaé bem grave e gostaria de utilizar com um bom propósito. O que devo fazer?
12/05/2011 13:28:34


33 VINÍCIUS FRENEDA - MARÍLIA SP
olá meu nome é vinícius freneda, e há 6 anos gravo livro pra cegos, e estou disponibilizandoos no you tubeem formato de vídeos, fizemos o codigo nacional de acessibilidade em audiopra cegos http://www.youtube.com/watch?vnMK5YE1CR5Y estatuto do idoso http://www.youtube.com/watch?vhrlF6xEliGE e agora estamos fazendo a lei maria da penha http://www.youtube.com/watch?v66SR8atmpCg http://www.youtube.com/watch?vKVIX2CxtYxo observei que vc PARTICIPA da pagina dorina nowil, estive no instituto em 2005, pra conhecer, mas vc pelo visto deve ser mais proximo. enfim venho por meio deste convidar, algumas mulheres,amigas, do instituto, inclusive, as que gravam a revistA VEJA, em audio, recebemos dela AQUI EM MARÍLIA. BOM ESTAMOS FAZENDO A LEI MARIA DA PENHA, PRECISAMOS DE 147 LOCUÇÕES FEMININAS PRA CONCLUIRMOS O ESTATUTO, JA CONSEGUIMOS, 60, LOCUÇÕE, POR FAVOR, ACOMNPANHE, O TRABALHO DO AUDIO BOOCK, PASSAMOS, LEIS EM AUDIO, PRECISAMOS, DE MULHERES QUE POSSAM, CAda uma gravar, um pequeno trecho da lei 11340 lei maria da penha, PRECISAMOS DE VOZES FEMININAS VOLUNTÁRIAS, POR FAVOR SE VC ESTIVER EM CONTATO COM DORINA NOWIL AUDIO BOOCK, PASSE A FRENTE ESSA IDEIA, MINHA, MAE, IRMA , PRIMA, TIA, VIZINHA, PROFESSORAS, ENFERMEIRAS, DONAS DE CASAS, ATRIZES, LIOCUTORAS, ENFIM, TODOS UNIDOS PROJETO AUDIO BOOCK Á SUA VOZ AMIGA CASO ALGUMA MULHER SE ENTERESSE EM GRAVAR CONOSCO, PEDIMOS QUE ENTREM EM COMTATO COMIGO PELO EMAIL VINICIUSFMSIFFREDIE@HOTMAIL.COM, ENVIAREI UM PEQUENO TRECHO DA LEI, DEPOIS SE GRAVA NUM CELAR E ME ENVIA DE VOLTA,. ESTAMOS COM FALTA DE VOZES, A CIDADE´AQUI É PEQUENA, A IDEIA ´RE GRANDIOZA, CONTAMOS, COM A PARTRICIPAÇÃO DE TODAS, E A VOCÊ AMIGOS, PESSO QUE SE POSSIVEL, MOBILIZE CONOSCO ESTA IDEIA, POIS SERIA PRA NÓS DO PROJETO AUDIO BOOCK, DE GRANDE IMPORTÂNCIA, ESPERO NÃO TER TOMADO SEU TEMPO. SEM MAIS VINÍCIUS FRENEDA PROJETO ÁUDIO BOOCKÁ SUA VÓZ AMIGA NÃO TEMOS VÍNCULOS POLÍTICOS....
10/05/2011 12:39:12


34 Lisiane Silveira - porto Alegre
Olá me chama Lisiane e sou casada com um deficiente visual, e nós estamos montando um projeto de inclusão do deficiente visual a o meio tradicionalista do nosso estado , somos gaúchos no aqui no Rio Grande do Sul a tradição é muito cultivada , e o nosso objetivo e a inclusão do deficiente visual a o meio tradicionalista através da dança , das lidas do campo , no contato com os animais, achamos que está na hora de todas as pessoas portadoras de algum tipo de limitação serem incluídas na sociedade. Somos prendas e Peões aqui no sul “ todos nós “ Envio este email para troca de experiências, contatos, espero sugestões, orientações, temos um sonho de uma sociedade inclusiva, só não sabemos bem os caminhos , montamos um Blog com informações interessantes sobres os costumes de nosso estado , se possível visitem , divulguem e opinem , passem adiante . Obrigado ! Lisiane Silveira lisi_silveira22@hotmail.com http://dtgacergs.blogspot.com/ nosso Blog
09/05/2011 15:18:24


35 Elena Calassa - São Paulo
Minha irma perdeu a visao a um ano e sua diabetes tem ocasionado varios outros problemas, nao tendo qualquer motivação para obter informações sobre mobilidade, leitrua ou escrita, porisso, gostaria de saber se existe curso de braille para familiares, pois poderia tentar passar os conhecimentos para ela e assim fazer com que ela se sinta melhor ! Obrigada
20/04/2011 00:43:30


36 GLEIDE DA COSTA - São Paulo
Gostaria de ler para os cegos, fazer um trabalho voluntario.
15/04/2011 00:03:42


37 jozelia brito da costa - joão pessoapb
estou fazendo uma especialização em educação inclusiva e neste final de semana utilizamos no curso o brialle, fiquei entusiasmada na escrita.Gostaria de saber se na fundação vocês doam reglete e punção. Espero uma resposta. obrigada
09/04/2011 22:49:33


38 Ana Paula Matos - ARROIO DO SAL
Eu tenho um primo que á 2 anos perdeu completamente a visão por causa da Diabetes queria saber se existe alguma lei que ampara pessoas com essa deficiência para incluilo no mercado de trabalho ele possui o Ensino Medio Completo mas não sabemos nem por onde começar para ajudálo a ter um pouco mais de independência. Aguardo Retorno Obrigada Ana Paula
28/03/2011 17:01:41


39 Tânia Matias Werner Fronza - Otacilio Cosata Santa Catarina
Oi, gostaria de algumas dicas de como fazer o atendimento de uma criança com baixa visão e deficiência intelectual associada.Tenho encontrado bastante dificuldade pois ela chora muito. Obrigada desde ja
26/03/2011 15:26:01


40 marcelo - salvador
Bom dia gostaria de informacoes onde fazer curso de especializacao em om orientacao e mobilidade, pois trabalho com cego sou profissional de educacao fisica
06/03/2011 10:11:18


41 veralima - casimiro de abreu
Gostaria de gravar livros para cegos, principalmente livros infantis já tenho uma certa experiência, pois já fiz esse trabalho no Instituto Benjamim Constant quando morava no RJ. Favor responder afirmativamente ou não. Grata Vera
07/02/2011 11:12:33


42 Libânia - Porto Velho
Parabéns! Gostaria de receber sugestões de atividades e mais informações. Obrigada.
12/01/2011 14:22:31


43 flaviana - alpinopolis
gostaria de fazer curso em comunicação alternativa,avaliação funcional da visão e orientação e mobilidade.Por favor me indique algum curso.obrigada
19/12/2010 11:28:48


44 marlenevigato - paraguaçu mg
Estou fazendo um curso de pós graduação em AEE e gostaria de conhecer uma sala de recurso multifuncional em Varginha ou Alfenas ou outra cidade próximo de Paraguaçu. Poderiam me dar o nome de alguma escola com a sala e como me comunicar com a escola? obrigada.
01/12/2010 20:01:02


45 Maria Santíssima steffen - Esteio/ RS
Boa tarde. Me chamo Maria Santíssima Steffen, moro à rua: vinte de Dezembro, 36, Teópolis Esteio RS Cep: 93.260.620, telefone 51 34730063/ 34540934 ou cel.: 51 97486519/93725661. Sou portadora de uma máculopatia degenerativa do tipo Staigardt, não tenho praticamente a visão central, isto aconteceu aos 24 anos quando ganhei meu filho, hoje encontrei uma médica que manda fazer algumas lentes para pessoas de muito baixa visão, mas o problema com que ganho é muito pouco6, então resolvi pedir ajuda ao Dr. Alexandre Nowil filho da querida Dorina Gouvea Nowil. a Dr que esta me tratando aqui em Porto Alegre RS gratuitamente em seu consultório e a Drª Maria Del Carmo Salcedo Cabrera seu Telefone 51 32129330/91662702 na Rua: Vigário Josá Ignacio, 263, Sala 61 Centro Porto Alegre RS. Talves através de vocês e do Dr. filho de uma defiente visual, possam me ajudar a adquiri os óculos especiais, meu grande sonho e fazer a prova do enem, e fazer um concurso público, mas apenas tenho uma lupa que tem 10 anos de uso que um amigo truxe do Paraguai, e é com que eu faço algumas coisas, mas para ler se torna muito canssativo, e como não tem filtro na lente me da muita dor de cabeça. Eu peso a ajuda de vocês pois quero retomar minha vida , não é claro da forma que parou quando perdi a visão, mas de uma forma renovada e com dignidade. Eu ainda acredito que tenham pessoas de bom coração, aguardo resposta
20/10/2010 15:36:47


46 Francine aparecida Pereira Nascimento - Guarulhos
Boa tarde, estou escrevendo meu trabalho de conclusão de curso, cujo tema é o treinamento comportamental para colaboradores das empresas para receberem portadores de necessidades especiais sem preconceitos. Gostaria de saber se o termo portadores de necessidades especiais está correto. Obrigada.
16/10/2010 12:54:52


47 solange verissimo - curitiba
o meu filho que e´deficiente visual total sonha em ter uma maquina braile apezar de não ter condiçoes finananceira de comprar gostaria ao menos de saber o preço.pois quem sabe um dia possa realizar esse sonho dele.obrigado
25/08/2010 12:37:28


48 Jaira Dantas dos Santos - Irará BA
Sou professora aqui no interior da Bahia. Tenho muita vontade de aprender a trabalhar com deficientes visuais. Achei muito bom o trabalho de vcs. Não tenho condições de financiar um curso assim. Vcs têm como oferecer gratuitamente?
16/08/2010 20:05:00


49 Nádia Rodrigues Primo - Goiânia
olá se alguém souber de algum cd ou mídia que tenha aula de técnica vocal ou canto, propício a uma pessoa cega por favor me ajudem preciso comprar.
13/08/2010 14:06:57


50 Eunaildes Lisboa Rodrigues dos Santos - IpiaúBahia
Gosto do Trabaho do grupo. Tenho um filho de 8 anos, ele é deficiente visualcegueira total diagnóstico, retinopatia da prematuridade. sou professora, trabalho na área de Orientação e Mobilidade com pessoas cegas. Gostaria de saber se existe alguma especialização na área de Orientação e Mobilidade à distância? Obs: Se vocês estiver algum material de Orientação e Mobilidade envie para este endereço. Grato! Eunaildes Lisboa Rodrigues Rua Valter Hohllenweger,130, centro, cep: 45.570000 IpiaúBahia Email: eunaildes@yahoo.com.br Fone 73 35313335
07/06/2010 22:28:52


51 cristina sequeira - porto portugal
Estou a fazer o meu mestrado em: Deficiência visual, temos em Portugal muito pouco material sobre o tema,gostava se possivel que me enviassem alguma informação sobre o tema . Obrigada
13/05/2010 08:28:47


52 Cícera Verissimo de Alencar - Lavras da MangabeiraCE
Gostaria de sabe de alguma escola para minha fila ela está na escola regular cursando o 2º ano do ensino médio é portadora de baixa visão estuda a noite e não ta conseguindo acompanha.Tem alguma escola perto de mim no Ceará ou em outros estado perto?
16/04/2010 19:49:41


53 Lucimara Kaufmann - Santo André
Oi à todos ..... primeiramente PARABÉNS pela instituição e aos que abraçam os deficientes visuais com AMOR!! Sou aluna de Pedagogia da Metodista e quero muito saber mais a respeito das pessoas que têm essa deficiência. Se possível até conversar com alguns alunos para entender deles como foi ou como é a inclusão dentro da escola e na sociedade. Aguardo resposta. Abraço Lucimara
21/03/2010 17:34:37


54 Aguiar - São Luis
Com toda essa dedicação é possivel acontecer o respeito pelo cidadão e diminuir realmente o preconceito. Gostaria de receber material de ensino da matemática e português. Abraços.
17/01/2010 23:39:35


55 Altamiro Caldonaczo Junior - Varginha / Minas Gerais
Gostaria de ter uma informação se existe alguma demarcação no piso para orientar deficientes visuais dentro de uma empresa, ou se existe algo mais moderno para proporcionar aos deificentess um melhor deslocamento na fábrica. Grato pela ajuda , Altamiro Caldonazo Junior Engenheiro de Segrurança
26/11/2009 11:09:55


56 Angelina Neiva de Moura - Ouro Branco
Estou precisando fazer cursos para trabalhar com deficiente visual, trabalho na sala de recursos da Escola Emsino Especial e gostaria de fazer cursos de capacitação ,por favor me indique um site, endereço.Obrigada Angelina
19/11/2009 20:35:26


57 Ana Paula Mouta - São Paulo
Ôlá, trabalho aqui na Dr. Diogo de Faria, pertinho de vocês, gostaria de saber se vocês tem trabalho voluntario, gostaria de ser voluntaria. Um abraço a todos
09/10/2009 17:02:14


58 Cleirton - Goias
ola!!! estou fazendo um projeto sobre a educação matemática para portadores de necessidades especiais:Deficiente Visual, e estou precisando de livrosautores para a minha fundamentação teorica, por favor, se for possivel atenda o meu email. grato.
01/10/2009 18:04:37


59 marlucia alves da silva - sete lagoas
gostaria de rerceber livros e cd para deficiente visuais.escola estadual arthur bernardes sete lagoas.
29/09/2009 08:23:16


60 MARLUCIA ALVES - sete lagoasmg
gostaria de receber livros em cd audio visual para crianças cegas pois gravo estou ficando com problemas cordas vocais obrigada
22/09/2009 10:44:27


61 Êmile Moura - Salvador
Nossa estou fazendo um trabalho na escola José Barreto sobre projetos para a inclusão social dos cegos nas escolas, inclusive o melhor projeto será apresentado ao governador, e acabei de encontrar esse m,aravilhoso projeto que vocês desenvolvem...achei muito legal!!!!Continuem firmes! e DEUS quiser vocês continuarão sempre!
17/07/2009 18:25:20


62 Claudia R. R. Bíscaro Herrera - Costa Rica M. S
Bom dia, assim que localizei esse site me interessei, pois sou coordenadora de uma escola municipal onde foi montada uma sala de recurso multifuncional e nela recebemos um aluno com baixa visão, estamos tendo algumas diriculdades, pois não temos domínio do trabalho em braille.Gostaríamos e precisamos fazer um curso que nós de um norte com relação ao braille, pois já adquirimos até a máquina em braille, mas não sabemos como utilizála. Por esse motivo se tiver algum curso e for possível gostaria de ser informada. Desde ´ja agradeço.
10/06/2009 11:57:34


63 zac efron - san diego
i like Dorinha.
02/06/2009 15:09:33


64 keika - tóquio
gostei muito. adoro a turma da monica
02/06/2009 14:53:15


65 andressa - tóquio
gostei muito da idéia de colocarem um personagem com dificuldades visuais. assim, nao os diferenciamos de outras pessoas.
02/06/2009 14:48:21


66 yasmin e yanka - Ubatuba s.p
eu gosto muito dos seus desenhos a TURMA DA MONICA
07/03/2009 16:07:24


67 Margareth B Gonçalves - Brasilia
Gostaria de saber se o instituto promove cursos para ledores , desejo aprender as tecnicas para ser uma multiplicadora no meu local de trabalho, sou servidora da Biblioteca Central da Universidade de Brasília. Tenho MUITO INTERESSE em me especializar nesta área. Aguardo retorno . Obrigada.
02/03/2009 09:59:11


68 Rita de cássia gomes fabrini - Itaquiraims
Sou professora de sala de recurso, trabalho com cego e baixa visão aqui em Itaquirai dou aulas de braille, fiz pós em educação especial e estou fazendo minha monografia,gostaria muito de receber alguma ajuda na área do braille, textos ou reportagem. amo trabalhar com meus alunos . desde já agradeço.
12/02/2009 18:29:24


69 Silene Araújo de Oliveira - Itaituba
Sou acadêmica finalista do curso de Pedagogia e ao decidir qual seria meu tema de defesa resolvi escrever sobre o deficiente visual porque acho um verdadeiro milagre divino o dom que essas pessoas especiais possuem e quanto mais escrevo mais descubro o mundo maravilhoso ao qual pertencem e estou muito maravilhada com tudo que li e também visiti uma sala de recursos visuais em minha cidade.
15/12/2008 22:38:22


70 natalie - embú
oi, trabalho em uma CEI, que tem uma criança que é deficiente visual de nascença, gostaria que me indicassem atividades para trabalhar com ela, levando em consideração que lá não tem recursos para deficientes. tenho um carinho muito grande por ela qual a melhor maneira para que eu consiga ajudá lá?
15/12/2008 17:35:39


71 Regina maria legnaghi, - garuva
gostaria de escrever minha escola ,para receber materias para dv, trabalho com 3 cegos e 3 baixa visão. quero aprender tudo sobre deficiencia visual .deste já agradeço ,espero que vcs respondam.
01/12/2008 20:32:46


72 Helena Kawata Sassaqui - São PAulo
Boa tarde, sou professora de Matemática e Física do Ensino Médio. Gostaria de aprender a ensinar uma aluna que iniciará no próximo ano letivo. Ela é cega de nascença. A escola é conteudista e o ritmo é bastante acelerado. Quero conhecer o mundo dos deficiente visuais pois acredito que, só assim, conseguirei compreendêla e aperfeiçoar o meu trabalho.
15/11/2008 14:43:42


73 Adriana Tramontini - Salto do Jacui
Preciso fazer um curso de deficiencia visual online, onde encontro?
08/11/2008 13:48:34


74 Marta Lúcia da Silva Gasparetto - Cachoeirinha/RS
Sou professora e gostaria de fazer um curso para me capacitar a trabalhar com deficientes visuais. Desde já, agradeço toda a atenção e apreço, ficando no aguardo de sua resposta. Atenciosamente, Marta Lúcia da Silva Gasparetto
26/10/2008 09:49:27


75 Helenice Gaspar - Sao Paulo
Gostaria de saber se existe trabalho voluntario na Fundacao Dorina Nowill e , se existe, como fazer para ser voluntaria.
06/10/2008 16:55:26


76 Suely Araes - São Paulo
Registro como iniciativa maravilhosa e pertinente nestes tempos de inclusão. As escolas estão aprimorando a formação de seus professores para receber as crianças com, parafraseando, portadoras de necessidades especiais e especiais, pois ensinam muitos valores esquecidos pela sociedade atual e pelas famílias como: solidariedade, respeito à figura do outro, direitos humanos e deveres sociais. Este site deve ser divulgado entre os educadores que realmente estão dispostos a praticar a real inclusão e para tanto precisam conhecer e praticar. A visitação seria essencial para outras crianças. Só elogios! Suely
01/10/2008 11:04:08


77 washington luis innocente - sao paulo
Ola que programas para computadores vcs teriam para indicar ,para deficiente visual total cegueira total de nacensa grato
12/08/2008 19:00:03


78 garmendo - sao paulo
muito bom:)
27/05/2008 10:01:29


79 Débora Muller - sao paulo
bom dia, gostaria de informações de como posso incluir meu filho na escola, pois ele tem baixa visão, tem 04, e já realizou um cirugia de estrabismo, hoje está com 05 da visão, gostaria de obter informações e orientações ajuda obrigado
18/03/2008 13:19:28


80 jadir de moura - Rio de janeiro
Bom dia ,gostaria de saber quais instituições que trabalhão na educação de deficientes visuais no estado do rio pois tenho um cunhado que não pode terminar a quarta serie devido sua dificuldade. E gostaria de saber ,se ele tem o direito ao rio carde gratuito(Bilhete de ônibus ). Desde já agradeço jadir. E
26/12/2007 11:21:05


81 Gelson José Leão Cardoso - Rio de Janeiro
Gostaria de saber sobre Colégios para meu filho ( 15 anos ) para ensino fundamental próximo a minha residência em Bangú ( RJ ). Pode ser até particular, ele já estudou no Benjamin Constant mas devido a distância tivemos de retirá-lo. Desde já agradeço .
23/12/2007 06:38:39


82 Elisete Maria Fritsch - Santo Ângelo - RS
Sou professora de sala de recursos para deficientes visuais, onde gostaria de receber materiais de como trabalhar a inclusão de cegos na escola regular em todas as áreas do conhecimento. Parabenizo esta instituição, pois muito contribui para acessibilidade dos dificientes visuais neste mundo com padrões de sociedades, que excluem as diversidades.
20/10/2007 19:38:28


83 Roseni Rosa de Souza - Pontes e Lacerda - MT
Achei super interessante tudo o que eu acabei de ler. Gostaria de saber mais sobre este assunto. Estou escrevendo minha monografia sobre "A inclusão de crianças portadoras de deficiência visual no sistema regular de ensino" mas, tá muito difícil encontrar material sobre isso, é ainda muito escasso em minha cidade. Gostaria muito que vocês me dessem uma ajuda. Por favor, me mande por e-mail alguns artigos e me indica alguns livros bons sobre este assunto que muito me interessa. Tenho apenas um mês para escrever. Desde já agradeço e, parabéns por este trabalho tão bonito! 18/09/2007 20:21
18/09/2007 21:21:08


84 Irene Galev Cavallini - São Paulo
Parabens pela perseverança em trabalho tão delicado. Recebi com com tristeza a noticia da perda de visão de uma amiga de muitos anos, após longos anos de tratamento, operações e esperrança de recuperar a vizão. Minha amiga perdeu a vizão, não perdeu a coragem de continuar a viver e quer muito se adaptar a esse novo desafio da vida. Por favor, preciso de informação a respeito de onde encontarar e como proceder para leva-la a reabilitação. Desde já agradeço a atenção e peço a Deus que os abençoe. Irene.
10/09/2007 20:39:03


85 MARLENE AYAKO DOMENI - SÃO PAULO - SP
TENHO UM AMIGO QUE ESTÁ QUASE QUE COMPLETAMENTE CEGO, ESTÁ SUPER DESANIMADO, SUGERI QUE APRENDESSE BRAILE MAS NÃO CONHEÇO NENHUMA ESCOLA QUE PUDESSE ENSINAR (TERIA QUE SER GRATUITO POIS NÃO TEM CONDIÇÕES DE PAGAR), ELE MORA NA ZONA LESTE DE SÃO PAULO (SÃO MIGUEL PAULISTA). DESDE JÁ AGRADEÇO QUALQUER SUGESTÃO.
10/09/2007 20:15:44


86 Asociação Rwecreativa dos Funcionários Públicos do Estado do Rio de Janeiro - Bom Jesus do Itabapoana-RJ-Brasil
Gostaria de obter informações e email para contactos á fim de apoio financeiro em execução de projetos para minha instituição.Grata-Iolanda Roeles(Presidente)
01/09/2007 12:44:35


87 Diego Mello - Santa rita do sapucaí
Bom dia, somos alunos da ETE "Escola Técnica de Eletrônica - FMC", estamos desenvolvendo um projeto para deficientes visuais, é um teclado em braille no qual quando a letra é teclada sai um som com o nome da tecla. Precisamos de um material que represente a tecla em braille, por exemplo, um adesivo em alto relevo que possa ser colado nas teclas. Solicitamos sua ajuda, se possível. A equipe do projeto agradece. Santa Rita do Sapucaí, 13 de Agosto de 2007.
13/08/2007 09:28:47


88 Madalena Camargo Bittencourt - Assaí-Pr.
Gostaria que me fornecesse informações a respeito de cursos de capacitação e seminários oferecidos aos professores na área de deiciência visual, para podermos atender melhor nossos alunos que frequentam o CAED.V de noso Estabelecimento de Ensino.
27/07/2007 13:42:09


89 inês rodrigues - são paulo
gostaria de saber como proceder para ser voluntária na Fundação Dorina Nowill para cegos, ou se existe outras instituições para cegos na zona leste de são paulo que trabalha com voluntários
08/05/2007 17:57:51


90 CRISTINA MAZUHY - GRAVATAÍ-RS
ADOREI O SITE, ALIÁS, ADORO A FUNDAÇÃO E O TRABALHO QUE ELA FAZ. HÁ QUASE UM ANO , PRESIDO A ADVA, ASSOCIAÇÃO DAS PESSOAS PORTADORAS DE DEF. VISUAL E AMIGOS DE GRAVATAÍ.SOU ESTUDANTE DE DIREITO, TENHO CEGUEIRA EM UM OLHO E BAIXA VISÃO NO OUTRO. ISSO ME LEVOU Á PROCURA DESTE CAMINHO, MAS AINDA SOMOS MUITO PEQUENOS. ESTE ANO A ADVA COMPLETA 5 ANOS E SINTO QUE PRECISO DE MAIS CONHECIMENTO E QUALIFICAÇÃO E UMA ESTRUTURA FÍSICA PARA PODER ORGANIZAR E ATENDER MELHOR A COMUNIDADE DEF. VISUAL . ACHO QUE TODO ESSE TRABALHO FEITO PELA FUNDAÇÃO, NOS DÁ A CERTEZA DE QUE VALE A PENA ACREDITAR EM NOSSOS SONHOS, MESMO COM AS BARREIRAS QUE A VIDA NOS IMPÕE. AGRADEÇO AS PUBLICAÇÕES ENVIADAS REGULARMENTE À NOSSA ADVA. UM GRANDE ABRAÇO A TODOS QUE FAZEM ATRAVÉS DESTE TRABALHO, O NOSSO MUNDO SER BEM MELHOR.
27/04/2007 15:05:56


91 PAULA - SÃO PAULO
Poderiam me forncer o site por favor da Dorinha
17/04/2007 08:02:59


92 Regina Maria Carvalho Leme Costa - São Paulo
Gostei do Site. Poderia estar ajudando na prática de exercícios. Conhecem o Método Self-healing - sou terapeuta e trabalho com o método. Preciso de 10 deficientes visuais congênitos para trabalho de mestrado UMC/FMUSP - "Análise biomêcanica em indivíduos normais, privação momentânea da visão e deficientes visuais congênitos para o movimento de extensão de tronco. Nossos testes estão sendo feitos no Laboratório de Marcha do HC - Fone 6671.65.48 / 9144.97.68
21/03/2007 03:42:43


93 Laura Mantovani Savia - Santo André/SP
Olá, gostaria de saber mais sobre a instituição, e se possivel me fornecer o site da fundação Dorina Nowill, ou algum telefone para contato no meu e-mail, agradeceria. atenciosamente.
20/03/2007 15:25:50


94 Rosely Burghi de Moraes - Mairinque
Gostaria de saber mais sobre deficientes visuais , como trabalhar com eles, se os produtos como reglete estão disponíveis em todo o mercado da grande São Paulo, e como conseguir estes endereços, se for possível atender ao meu pedido favor retornar meu e-mail
12/03/2007 19:11:05


ENVIE SEU COMENTÁRIO

Preencha todos os dados abaixo e clique em Enviar comentário.



(seu e-mail não será divulgado)


Os conceitos e opiniões emitidos em artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores.