Logotipo do Planeta Educação

Fazer busca detalhada


placeholder for flash movie

Dicas de Navegação
João Luís de Almeida Machado é consultor em Educação e Inovação, Doutor e Mestre em Educação, historiador, pesquisador e escritor.

Instituto Itaú Cultural - 10/11/2004
Investimentos a médio e longo prazo em cultura

www.itaucultural.org.br

Imagem-de-predio-Itau

Entre em sintonia com o que há de mais recente no calendário cultural de São Paulo e também em algumas das principais cidades brasileiras. Consulte enciclopédias de arte e uma rica midiateca. Entenda alguns dos conceitos da cibercultura a partir de resenhas e artigos escritos por quem está pesquisando o assunto. Essas são algumas das possibilidades que nos são dadas pelo portal Itaú Cultural (www.itaucultural.org.br) e que não podem ser desprezadas pelos internautas que se interessam por educação, cultura e informação de qualidade disponibilizada através da Web.

É muito gratificante saber que há empresas privadas de renome e tradição investindo em cultura, esporte e educação em nosso país. É notório, por exemplo, o trabalho que várias empresas estatais ou mesmo governos estaduais ou municipais desenvolvem com a restauração de monumentos históricos, zelando pela preservação de patrimônios que de outra forma poderiam se deteriorar até a completa perda dos mesmos.

Há outros casos em que o apoio dessas instituições se tornou decisivo para revitalizar setores fundamentais da produção cultural do país, como nos casos das produções teatrais e cinematográficas. O empenho dessas empresas, tanto estatais quanto privadas, permitiu um ganho de qualidade e, conseqüentemente, um amadurecimento desses setores a ponto das realizações nacionais dessas duas áreas de atuação granjearem reputações favoráveis do público, da crítica e, muitas vezes, até mesmo fora do país.

O envolvimento de investidores provenientes dos ramos industrial, financeiro e comercial tem promovido o surgimento de novos expoentes da música brasileira, ajudado a firmar a carreira de tantos outros que já estão atuando há algum tempo no mercado e consolidado a nível internacional alguns de nossos maiores cantores e compositores.

O Instituto Itaú Cultural faz parte desse generoso grupo de empresas que aposta na diversidade cultural de nosso país, incentivando atividades nos mais variados setores e apoiando a exportação da nossa inventividade e criação para os quatro cantos do planeta.

Há produções de qualidade sendo desenvolvidas por brasileiros em praticamente todos os ramos da cultura: da fotografia a música, do cinema a literatura, do teatro as artes plásticas. E o que interessa a todos, a inovação das linguagens, a renovação de técnicas, a revalorização de conceitos e escolas e mesmo a simbiose de elementos realizada pelos brasileiros são tão interessantes que tem que ser apresentadas ao resto do mundo.

Estamos aqui para aprender e também para ensinar. Chega dessa sina de “vira-latas” que nos persegue e oprime. Temos que olhar os outros com respeito, olho no olho, valorizando o que é feito lá fora na medida em que mostre qualidade, mas também promovendo o que fazemos aqui dentro, pois estamos criando produções que merecem consideração e estima.

O apoio de instituições do porte do Banco Itaú dá aos artistas, literatos, cineastas, dramaturgos e músicos o suporte fundamental para que muitas de suas obras e produções sejam conhecidas, participando de eventos (exposições, concursos, mostras) e sendo, a partir de então, catalogadas, identificadas e reconhecidas entre os expoentes de cada setor, no mundo inteiro.

A extensão de sua interação com o mundo cultural para a internet, através do Instituto Itaú Cultural on-line, contribui ainda mais para a ampliação desses horizontes. Cria asas para que todos aqueles que são beneficiados pela existência desse instituto possam ir muito além das fronteiras físicas desse investimento, permitindo que possam estar em vários espaços a partir da sua base virtual...

O Site

Iimagem-do-site-jovens-olhando-para-cima-admirados
Da pesquisa sobre videogames, passando pelo teatro e pelas artes plásticas e desembocando
na literatura ou na música, o Itaú Cultural se propõe a criar, através de seu portal, um ponto de encontro,
pesquisa e aprofundamento para estudantes, professores e pesquisadores. (acima, Corpo de Baile
em apresentação de 1998 e, abaixo, a trupe Asdrúbal trouxe o Trombone, 1978)

Há vários caminhos a se percorrer no portal do Instituto Itaú Cultural, entretanto iremos destacar os quatro mais importantes, que nos ajudam a compor conhecimento, identificar informações relevantes, pesquisar conceitos, agregar dados para nossos projetos ou trabalhos.

É, por exemplo, fundamental ao navegarmos pelo site do Itaú Cultural que olhemos atentamente para o menu laranja localizado na parte superior da página inicial. Nesse local encontraremos links que nos levarão para os seguintes canais: Programação, Educação, Biblioteca e Cibercultura.

Ao entrarmos em Programação, iremos encontrar orientações quanto aos cursos que estão sendo ministrados pelo Instituto, seu calendário de eventos, compromissos culturais de relevância que estão em cartaz em outras praças nacionais, comentários e indicação de programação de qualidade veiculada através do rádio e da televisão e uma prestimosa revista de variedades que esclarece, informa e atualiza os internautas quanto aos assuntos da cultura.

No setor destinado a Educação, o Itaú Cultural disponibiliza cursos, atividades e materiais através da internet e também a possibilidade do agendamento de visitas ao instituto. Há, por exemplo, um curso sobre a história literária de nosso país, propostas de atividades sobre arte, artigos sobre moda, textos sobre arte e tecnologia, material de um ciclo de palestras sobre o universo feminino...

A Biblioteca nos permite acesso a ricos materiais para quem está pesquisando na área cultural. Estão disponíveis para consulta pela internet recursos valiosos como a enciclopédia de artes visuais (que já foi tema de artigo da coluna Dicas de Navegação por seu importante acervo e facilidade de consulta), a minienciclopédia de poesia e crônicas, a minienciclopédia de Super-8, a minienciclopédia de arte e tecnologia e ainda a enciclopédia de teatro. Temos um importante mecanismo de busca dentro do próprio site e ainda uma lista de sites recomendados pelo Instituto para quem pretende ampliar suas pesquisas.

Em Cibercultura encontramos uma revista destinada a todas as pessoas interessadas em falar sobre assuntos relacionados à cultura digital. Há um pouco de tudo sobre essa temática, de videogames a tecnologia de ponta, dos hackers aos bloggers, da arte no ciberespaço a simpósios e palestras sobre esses assuntos.


Aos Professores

Pagina-do-Itau-Pessoas-aplaudindo
Música, cibercultura, televisão e exposições variadas e de qualidade também ganham
destaque a partir de artigos, agendas e programações sugeridas pelo Instituto Itaú Cultural.

O cardápio de opções oferecido pela arte à educação é muito variado. Para todos os lados que olhamos percebemos oportunidades de intercâmbio que podem ser muito valiosas para ambos os lados. Essa relação deve, entretanto, ser firmada por uma aproximação que permita uma troca constante de colaborações e, conseqüentemente, o estabelecimento de um avanço conjunto que seja perene, permanente.

Quando freqüentei os bancos escolares, nos finados ginasial e colegial, foram raras as oportunidades em que tive o prazer de integrar conhecimentos de história, matemática ou português com fotografia, desenho, pintura com tinta a óleo ou qualquer outra forma de expressão artística. Atualmente, como educador, tenho tentado criar canais de comunicação entre as variadas artes e as disciplinas com as quais trabalho (filosofia, história) e trocar idéias com professores de outras disciplinas para verificar se eles também gostariam de tentar fundamentar esse encontro (se já não o fazem e, nesse caso, se poderiam socializar informações sobre seus trabalhos e projetos).

O advento das novas tecnologias e, principalmente as possibilidades que nos foram concedidas pelo aperfeiçoamento da internet, aumentaram as chances de intercâmbio para o fortalecimento dessa relação entre arte e educação. Iniciativas como a do Instituto Itaú Cultural dão subsídios, alimentam novos projetos, fomentam o surgimento de trabalhos os mais variados ao disponibilizar informações que dêem sustentação e argumento as pesquisas na área e, dessa forma, tornam mais concreta qualquer atuação na área.

Imagino que daquela frágil e delicada situação das escolas em que estudei, quando a arte não era entendida como instrumento ou ferramenta que poderia ajudar a alavancar a qualidade da educação, avançamos para o limiar de uma nova era, quando esse intercâmbio poderá se tornar uma realidade. Os aplausos do público serão apenas a conseqüência final desse trabalho que urge e que, efetivado, irá muito além das palmas dos espectadores, promoverá o conhecimento, efetivará a cidadania...

Avaliação deste Artigo: 5 estrelas
COMPARTILHE

DeliciusDelicius     DiggDigg     FacebookFacebook     GoogleGoogle     LinkedInLinkedIn     MySpaceMySpace     TwitterTwitter     Windows LiveWindows Live

AVALIE O ARTIGO





INDIQUE ESTE ARTIGO PARA UM AMIGO










2 COMENTÁRIOS

1 Cristiane Fay - São Paulo
Sou coordenadora pedagógica de uma EMEI, nossas crianças tem de 4 a 6 anos incompletos e nosso projeto pedagógico é centrado nas artes visuais. Gostaria de saber como participar de apresentações teatrais e exposições, e se existe algum programa durante a semana para essa faixa etária. Obrigada.
28/03/2011 17:21:15


2 Centro Cultural Egon Frey - Fraiburgo-SC
O trabalho que o Itau desenvolve no meu da cultura, é uma arte que poucos sabem apreciar e colaborar, um papel para a sociedade, que muitos não sabem valorizar.
26/06/2007 16:14:57


ENVIE SEU COMENTÁRIO

Preencha todos os dados abaixo e clique em Enviar comentário.



(seu e-mail não será divulgado)


Os conceitos e opiniões emitidos em artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores.