Logotipo do Planeta Educação

Fazer busca detalhada


placeholder for flash movie

Dicas de Navegação
João Luís de Almeida Machado Doutor em Educação pela PUC-SP; Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP); Professor Universitário e Pesquisador; Autor do livro "Na Sala de Aula com a Sétima Arte – Aprendendo com o Cinema" (Editora Intersubjetiva).

Para aprender a pensar desde cedo... - 18/10/2004
Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças – CBFC

www.cbfc.com.br

Imagem-do-logotipo-da-CBFC

Há o pensamento superior e o pensamento inferior. Isso é o que nos diz o educador americano Matthew Lipman em algumas de suas mais importantes obras (veja a relação de livros no final desse artigo) em que destaca a necessidade de auxiliarmos as crianças a aprender a pensar desde a mais tenra idade.

Quando falamos em pensamento inferior não estamos simplesmente desqualificando essa forma de produzir idéias, apenas constatando que esse exercício carece de maior aprofundamento, de maior polimento ou, como diriam os mestres que encontramos nos canteiros de obras que se espalham por todo o nosso país, falta o acabamento...

Por outro lado, a partir do momento em que nos referimos ao pensamento de ordem superior, estamos falando de inferências, reflexões, da capacidade de associar elementos culturais, do potencial que temos de divagar e de elaborar a partir da crítica. Tudo isso respaldado por uma constante e estimulada criatividade.

Quem não deseja isso? Pois é exatamente o que queremos para nós mesmos e também para nossos filhos e alunos.

Onde encontrar essa possibilidade de produção analítica, reflexiva, que supera o senso comum e extrapola as possibilidades limítrofes a que muitas vezes estamos condenados?

De acordo com Lipman e com todos aqueles que o ajudaram a criar um projeto inovador, as respostas estão na filosofia. Mas, isso seria realmente novo, uma experiência contemporânea e revolucionária? Há muitas pessoas que desacreditaram a filosofia por completo, argumentando que os trabalhos de mestres como Aristóteles, Descartes, Rousseau ou Marx são muito complexos e distantes da realidade...

Sem qualquer sombra de dúvidas, a filosofia em seu estado puro e original demanda tempo para reflexão, argúcia para compreensão dos conceitos e muita habilidade para realizar as necessárias sinapses (conexões entre conceitos, realidades, fatos,...). Entretanto, o exercício leva a perfeição (se é que ela de fato existe e se realmente pretendemos atingí-la...) e a capacidade de realizar leituras complexas se inicia com a prática de leituras leves, quando ainda somos crianças.

É justamente nesse ponto que chegamos ao projeto criado e gerido por Lipman com o apoio de equipes muito qualificadas tanto nos Estados Unidos quanto em outros países, inclusive no Brasil. O foco de seu trabalho é levar a filosofia para as crianças. Aprendendo desde cedo, a possibilidade de realização de um pensamento superior nas etapas posteriores da vida (adolescência, juventude, idade adulta) é muito maior.

Partindo desse princípio, foram criados materiais, cursos, técnicas e metodologias específicas de trabalho que migraram para diversos países (também para o Brasil, conforme havia mencionado no parágrafo anterior, não custa lembrar, onde o projeto foi nomeado como Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças).

Entre as várias iniciativas do Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças realizadas em nosso país está a criação de um portal na Internet, localizado no endereço www.cbfc.com.br que merece muitas visitas por parte de quem se interessa pelo surgimento de uma educação que conduza os estudantes a capacidade de pensar por conta própria, e de preferência dentro daquilo que é explicado no site da CBFC como sendo um pensamento de ordem superior...

O Site

Imagens-das-Capas dos-livros-Issao-e-Guga-Rebeca-e-Luisa
Capas dos livros Issao e Guga, Rebeca e Luísa destinados ao trabalho de temas filosóficos
com crianças e editados pelo Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças (CBFC).

O portal do Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças nos permite várias possibilidades, entre as quais pudemos destacar as seguintes:

1- Apresentação dos “Materiais Didáticos” elaborados especialmente para as crianças. São cinco títulos que dão destaque à aprendizagem e uso da filosofia como recurso fundamental para o desenvolvimento da capacidade articulada de pensamento pelos pequenos. Temas como semelhanças e diferenças, raciocínio hipotético, diferentes formas de percepção, relação entre tempo e espaço, liberdade, certo ou errado e tantos outros são abordados em linguagem adequada e estimulante para as crianças.

2- O link “Reflexão” tem a cada novo mês um artigo destinado a levar os internautas interessados no conteúdo do CBFC a abstrair a respeito de um tema relacionado à construção do pensamento e a elaboração de novas idéias e conceitos. Vale a pena conferir...

3- O “Folha Phi” reproduz em mídia eletrônica um informativo editado pelo CBFC contendo atividades, cursos, artigos e propostas de trabalho que podem ser utilizadas por pesquisadores, professores ou ainda por pessoas interessadas nos assuntos relativos a filosofia para crianças.

4- A “Biblioteca” do Centro é imperdível. Tem um acervo importante que está dividido em três setores: Coleções, Bibliografia e Pesquisas Acadêmicas. A relação entre educação e filosofia, os estímulos ao desenvolvimento da capacidade de pensar criticamente e de produzir criativamente, os livros dedicados ao tema existentes no mercado editorial brasileiro, além de trabalhos e pesquisas relativos ao assunto já publicados.

5- Além disso tudo, o portal do CBFC ainda possibilita aos professores entrar em contato (através do Mural do Professor), estar por dentro da programação de “Cursos e Atividades” e a “Agenda” do Centro, disponibiliza “Links” de apoio e ainda “Monitor de Plantão” e a relação de escolas brasileiras que estão associadas ao projeto.

Aos Professores

Capa-de-tres-livros-de-Matthew-Lipman-A-filosofia-vai-a-escola-e-Filosofia-na-sala-de-aula
Alguns dos livros de Matthew Lipman editados no Brasil

O que mais desejamos é conseguir que nossos alunos caminhem apoiados por seus próprios pés. Que se sustentem em cima da bicicleta depois que os auxiliamos nas primeiras pedaladas e depois dos tombos iniciais. Que consigam alçar seus vôos em direção ao infinito, desafiando as leis da gravidade e da própria imperfeição anatômica percebida nos seres humanos quanto à capacidade de voar como os pássaros.

Queremos que nossos estudantes encabecem as revoluções que esperamos venham a acontecer no futuro. Que liderem as pesquisas que vão varrer a Aids e o Câncer do planeta. Que sejam os homens e mulheres que irão assinar as leis que acabam com a pobreza e as enormes desigualdades sociais que assolam o planeta. Que quebrem os recordes, assinalem novas teorias, assombrem o mundo com uma arte totalmente renovada...

Como conseguir isso se as escolas não dão ferramentas, autonomia e combustível para a realização de todas essas façanhas? Onde estão tais instrumentos? Quais são os caminhos? Que possibilidades reais temos de efetivar essas transformações?

O maior recurso que possuímos é a nossa incrível capacidade de aprender, de nos aperfeiçoar, de implementar soluções nas condições mais diversas. E a filosofia é, há muito tempo, a principal aliada (ao lado da ciência) dessa capacidade notável dos seres humanos. A maior qualidade do trabalho desenvolvido pelo Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças é a de resgatar e revalorizar esse incrível acervo de idéias e reflexões provenientes da filosofia.

Só aprendendo a pensar com qualidade iremos realizar o vôo de Ícaro, a viagem às profundezas mais distantes dos oceanos previstas por Júlio Verne ou, até mesmo, a amar de forma profunda e infinita como nas obras de Shakespeare...

Obs.: Livros de Matthew Lipman editados no Brasil:
A Filosofia vai à escola – Coleção Novas Buscas em Educação - Summus Editorial
O Pensar na Educação – Editora Vozes
Natasha, Diálogos Vygotskianos – Editora Artes Médicas
A Filosofia na Sala de Aula – Editora Nova Alexandria

Avaliação deste Artigo: 4 estrelas
COMPARTILHE

DeliciusDelicius     DiggDigg     FacebookFacebook     GoogleGoogle     LinkedInLinkedIn     MySpaceMySpace     TwitterTwitter     Windows LiveWindows Live

AVALIE O ARTIGO





INDIQUE ESTE ARTIGO PARA UM AMIGO










9 COMENTÁRIOS

1 maria das gracas fleury curado - goianiagoias
Gostaria de obter mais informações de experiências de ações pedagógicas em escolas brasileiras sobre fisolofia para crianças. o Centro Brasileiro de Filosofia para Criança realmente fechou? no aguardo da sua resposta. agradeço.
30/11/2012 10:28:29


2 José Carlos Barreto - São Paulo
Estou reiniciando com o PROJETO FILOSOFIA EDUCAÇÃO PARA O PENSAR para alunos de 6o ao 9o ano. Utilizarei, inicialmente, PIMPA. Abraços José Carlos Barreto EMEF PROF OLAVO PEZZOTTI VILA MADALENA SÃO PAULOSP.
18/05/2012 10:21:55


3 cristiane - sertaozinhosp
Bom dia... não estou encontrando o livro Rebeca nas livrarias do meu municipio, a livraria que eu comprei os materias escolares do meu filho, acabou de me informar hoje, que nao tem como me fornecer pois nao encontra o livro em nenhuma editora da nossa regiao, e as aulas começam amanha, por favor, teria como me informar onde posso encontrar o livro pra comprar? grata, cristiane
31/01/2012 10:10:10


4 jeandejesusdantas - sp zona leste
ola tudo bem eu queria saber ordem fika essa escola de filosofia eu quero fazer o curso ter que pagar
07/07/2011 13:33:44


5 Rosely Alves Carmona Kiss - São Paulo
Gostaria de obter informações sobre curso de filosofia para crianças e jovens, na cidade de Sao Paulo. Há algum tempo havia uma escola na zona leste que oferecia o curso, como saber?
24/02/2010 22:29:23


6 Luiz Dias - São Gonçalo
Muito oportuno esse artigo, realmente temos que levar as crianças desde cedo, a reflexão do seu mundo, pois serão futuros adultos conhecedores de uma análise crítica do seu mundo.
06/09/2008 10:25:03


7 cleide branco - são paulo
Estou precisando encontrar a novela:issao e guga, para aplicar com meus alunos, não estou encontrando, gostaria de receber informações. Gosto muito de filosofia, a algum tempo atras, fiz um curso com o prof.Marcos Raniere e Terezinha Rios e amei! Grata cleide branco
21/06/2008 12:10:24


8 anataly - cel fabriciano
nao tem tudo q eu precisava eu preciso saber onde nasceu o filosofo
26/02/2008 16:30:23


9 Hamilton Costa da Silva - Santos - SP
Excelente artigo que nos remete a uma profunda reflexão sobre o sistema educacional brasileira. Que em sua grande maioria nega aos alunos, principalmente aqueles com maior dificuldade de aprendizagem, o direito de aprender a pensar. Pois penso que, mais importante do que saber ler e escrever é "saber pensar".
09/11/2007 14:34:59


ENVIE SEU COMENTÁRIO

Preencha todos os dados abaixo e clique em Enviar comentário.



(seu e-mail não será divulgado)


Os conceitos e opiniões emitidos em artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores.