Logotipo do Planeta Educação

Fazer busca detalhada


placeholder for flash movie

Diário de Classe
 

Aprender Brincando - 24/08/2011
Sheilla Cristina Pereira R. de S. Silva

Em uma sociedade que segue o ritmo de um mundo globalizado, o qual sempre busca estar atualizado com as novas informações que são adquiridas ou criadas todos os dias, o foco no indivíduo é essencial para que este possa estar em sintonia com essas mudanças e quebras de paradigmas.

Por isso, é importante que desde sua infância a pessoa possa adquirir meios para que ela consiga construir o seu conhecimento e possuir uma ferramenta importante para sobreviver neste mercado de trabalho, que cada vez mais vai eliminando suas fronteiras.

O estudo e a apropriação de conhecimentos servem de base para esse preparatório que acabou transformando nossa vida em meio a um mundo tão competitivo.

Uma das chaves para que o indivíduo possa adquiri-la é por meio da figura do professor, pois este tem que possuir a sabedoria de guiar seu aluno na busca da construção de seu templo de conhecimento, sendo que um dos melhores meios de se usar corretamente essa chave é pelo lúdico.

O ensino lúdico é um aprendizado necessário em qualquer fase do ser humano, pois proporciona a ele uma satisfação maior para aprender e corroborar outros fatores que irão moldar a sua personalidade social e profissional, ajudando a entender melhor os meios sociais, políticos e culturais que fazem parte de seu mundo, desenvolvendo melhor suas habilidades tanto emocionais como comunicativas e expressivas, ajudando-o a exercer sua cidadania e se projetar no mercado de trabalho, o qual é um grande desafio para as pessoas hoje.

Uma de suas maiores cobranças é que esse indivíduo precisa falar mais de um idioma, no qual o inglês se torna o mais importante nessa disputa, afinal, ele está em todos manuais de aparelhos importados, nos jogos, filmes, empresas, viagens e em meio a todas as vantagens de um mundo cada vez mais globalizado e dinâmico, que amplia cada vez mais o significado desta palavra.

Logo, o ensino lúdico tem a vantagem de prender a concentração do aluno, principalmente da criança, além de chamar a atenção do cérebro que dificilmente se esquecerá daquele momento prazeroso, pelo qual se pode aprender algo que, muitas vezes, parecia tão difícil e chato, mas que agora veio com alegria.

Consequentemente, caberá ao professor dar uma melhoria na qualidade do processo de ensino-aprendizagem, cabendo a ele desenvolver novas práticas que permitam aos alunos um maior aprendizado.” (NUNES, 2004, ON-LINE).

Uma aula lúdica permite a criança ser estimulada, tendo uma ressignificação em seu aprendizado. Assim:

As atividades lúdicas têm o poder sobre a criança de facilitar tanto o progresso de sua personalidade integral, como o progresso de cada uma de suas funções psicológicas, intelectuais e morais. Ademais, a ludicidade não influencia apenas as crianças, ela também traz vários benefícios aos adultos, os quais adoram aprender algo ao mesmo tempo em que se distraem (NUNES, 2004, ON-LINE)

Com base nos direcionamentos de NUNES (2004), vemos que:

As atividades lúdicas, geralmente, são mais empregadas no ensino da matemática, contudo, elas devem ser inseridas na prática de outras disciplinas, como é o caso da língua estrangeira. Pois, assim, ela facilitará o aprendizado da mesma e motivará, tanto crianças como adultos, a aprenderem.

Desse modo, percebe-se o quão é importante a ludicidade no contexto escolar, visto que ela proporciona uma maior interação entre o estudante e o aprendizado, fazendo com que os conteúdos fiquem mais fáceis aos olhos dos alunos, os quais ficam mais interessados em assistir à aula (ON-LINE).

Desta forma, fica evidenciada a importância do lúdico e, como ele, também os jogos, os brinquedos e as brincadeiras têm uma grande importância para o desenvolvimento e para a aprendizagem das crianças.

Referência Bibliográfica

NUNES, Ana R. S. Carolino de Abreu. O Lúdico na Aquisição da Segunda Língua. Disponível on-line in . Acesso em 03 de Agosto. 2011.

Sheilla Cristina Pereira R. de S. Silva é Coordenadora do Programa de Línguas Estrangeiras – Inglês. Formada pela Faculdade Integrada Teresa Dávila no curso de Letras com habilitação em Inglês com especialização em Gestão Escolar.

Avaliação deste Artigo: 4 estrelas
COMPARTILHE

DeliciusDelicius     DiggDigg     FacebookFacebook     GoogleGoogle     LinkedInLinkedIn     MySpaceMySpace     TwitterTwitter     Windows LiveWindows Live

AVALIE O ARTIGO





INDIQUE ESTE ARTIGO PARA UM AMIGO










1 COMENTÁRIOS

1 Ana Beatriz - Guaratinguetá
Sheilla, adorei o texto! É exatemente isso que ocorre a ludicidade presente nas aulas de LI possui um diferencial na aprendizagem das crianças, elas realmente aprendem a usar a língua para se comunicar Mas para que isso ocorra o professor precisa agir como um mediador, trabalhando com situações reais de comunicação a fim de tornar a aprendizagem significativa para elas. As crianças gostam de diversão, desafios e competição
10/10/2011 20:42:13


ENVIE SEU COMENTÁRIO

Preencha todos os dados abaixo e clique em Enviar comentário.



(seu e-mail não será divulgado)


Os conceitos e opiniões emitidos em artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores.