Logotipo do Planeta Educação

Fazer busca detalhada


placeholder for flash movie

Universo Escolar
 

Escolas particulares podem negar matrícula a crianças com deficiência? - 29/04/2009
Uma resposta que circulou na lista Fórum Inclusão

Pergunta:

Recebi uma informação de que as escolas particulares podem negar matrícula para alunos especiais, segunda a deliberação da justiça que diz que a rede particular pode determinar o tipo de clientela a ser atendida em seus programas, enquanto a obrigação de atendimento a todos é da rede pública, por ser governamental, devendo atender a todos.

Resposta:

A pessoa com deficiência é cidadã como qualquer outra e seus direitos devem ser respeitados por todos, em todas as situações. As Instituições de ensino devem cumprir com todas as normas gerais da Educação Nacional.

Conforme o artigo 208 da Constituição Federal, a pessoa com deficiência tem direito de estudar em escolas públicas e particulares. Isso é um direito subjetivo que lhe garante o acesso à pré-escola, ensino fundamental, médio e universitário.

Caso a Instituição Escolar, seja ela pública ou privada se recusar a aceitar uma pessoa com deficiência, a mesma poderá sofrer ação judicial e instauração de inquérito policial, por constituir crime, conforme estabelece o artigo 8º, I, da lei 7.853/89.

No artigo 2º desta mesma lei, é estabelecido que o poder público tem obrigação de promover a inclusão da pessoa com deficiência na rede de ensino, pública ou privada e viabilizar os recursos para que isto aconteça, bem como a capacitação dos profissionais da educação.

Se esses direitos forem recusados é preciso procurar a OAB e denunciar ao Ministério Público Federal.

Izaira Carvalho Peixoto.

Avaliação deste Artigo: 4 estrelas
COMPARTILHE

DeliciusDelicius     DiggDigg     FacebookFacebook     GoogleGoogle     LinkedInLinkedIn     MySpaceMySpace     TwitterTwitter     Windows LiveWindows Live

AVALIE O ARTIGO





INDIQUE ESTE ARTIGO PARA UM AMIGO










31 COMENTÁRIOS

1 Cristina Dantas Avelar - Americana
Bom dia! Meu nome é Cristina e quero a ajuda esclarecer para uma duvida. Onde esta a inclusão de deficientes? Talvez seja uma denuncia, mas estou cansado de lutar com muito pouca ajuda. Meu filho se chama Lucas e tem visão subnormal ou seja, enxerga com limitação. O ano de 2013 foi muito sofrido para ele, pois ingressou no primeiro ano do ensino fundamental na escola Bento Penteado no Zanaga. Foi um ano de muita luta, ele foi excluído por algumas crianças e o mais triste, pela professora Luciana que tentamos ajudar com o apoio do CPC e uma assistente do estado mas não teve jeito. É de uma crueldade que corta o coração. Será que é certo dizer que o estado não tá pronto? Não sei, a coordenação da escola não tomou nenhuma atitude em relação as nossas reclamações. Para esse ano tentamos o SESI onde filhos de pais com dinheiro e já fez o primeiro ano em escola particular disputam vaga junto com quem tem pouco recurso e desfrutou de uma escola totalmente precária. Minha pergunta é como vou conseguir uma oportunidade para meu filho no SESI se no ensino publico isto esta sendo negado? Será que a inclusão de deficientes existe? Enquanto esta situação se repetir como vou incluilo se não ha cotas para deficiente? Como ele pode concorrer ha uma vaga com uma criança normal que tem todo acesso a educação, sim, pois o que eu mais vi no dia da prova foram pais e filhos que vem das melhores escolas da cidade concorrem com meu filho que não tem a mesma oportunidade. Acho sim injusto essa situação e estou disposta a ir a imprensa relatar o que eu tenho passado, quando procurei alguém do SESI para conversar escutei da coordenadora que o SESI também não esta preparado para receber meu filho e nem se quer quis conhecelo para ver que a dificuldade dele é enxergar de longe. Se meu filho for atendido hoje com um ensino de qualidade amanha ele não precisara mais de cotas para entrar numa faculdade e ate mesmo na indústria. Precisso de educação hoje para que mais tarde ele possa escolher sim a sua profisão. Obrigado
13/01/2014 16:28:47


2 Lilian - São Paulo
Gostaria de saber se a escola pode se recusar a receber um laudo dizendo que só aceita de uma ou outra instituição, digo no caso da dislexia, TDAH ou outro transtorno? Obrigada!
15/08/2013 11:07:47


3 Claudia - caçapava
Trabalhei numa escola particular e tenho uma filha especial, gostaria de saber se preciso pagar a mensalidade mesmo eu trabalhando na mesma, sendo q minha filha tem 13 anos e não conseguiram ensinála a escrever o próprio nome e muito menos a ler, pois a escola me cobrava a metade do valor e nos acerto de contas o dono disse q vai descontar a outra metade q minha filha estudou lá.aguardo resp.Obrigada!
01/07/2013 23:48:52


4 CLAIR BERNARDI TOMAZELLI - SÃO MIGUEL DO OESTE
BOA NOITE, TRABALHO NUMA ESCOLA PARTICULAR QUE SEMPRE FOI INCLUSIVA, DESDE SUA FUNDAÇÃO. EXISTE ALGUMA LEI QUE AMPARE A ESCOLA QUANTO A COBRANÇA ADICIONAL NA MENSALIDADE PARA UMA AUXILIAR PERMANENTE PARA ALUNOS ESPECIAIS?
20/06/2013 22:08:13


5 Rosana Ribeiro - São Paulo
Tenho um filho de 6 anos, matriculado em um colégio particular estuda neste colégio desde os 2 anos acompanhado por uma tutora. Ela é funcionaria da escola paga por nós os pais, quero muito tracar a tutora por uma pessoa formada em psicopedagogia só que a escola não tem nenhuma pessoa com essa formação e eles alegam que se tivessem o custo seria bem mais alto. Nos pais dissemos que poderiamos arcar com a despesa desta profissional, mas o colégio não permitiu a entrada de uma pessoa de fora. Gostaria de saber se eles pidem mesmo vetar a entrada de acompsnhantes que não sejam funcionários, mesmo pq elas não têm formscao adequada eles não precisam de babás e sim de pessoas aptas a lidarem com o autismo e assim poder passar o conteúdo das matérias em sala de aula e tb ajudar no comportamental.
16/06/2013 19:52:26


6 Marcia Da Silva Rezende - Rio de Janeiro
Sou mediadora de uma criança autista e precisei me ausentar por motivo de doença,para minha surpresa a diretora ligou para a mãe do aluno informando que o mesmo não poderia ficar na escola sem a mediadora.Obs o aluno est.ar nesta escola desde 2 anos de idade hoje ele tem 7 anos e eu estou com ele há 1 ano e 4 meses.Gostaria de saber baseado em que lei a escola pode fazer isso. Fico no aguardo.abçs
14/06/2013 13:32:00


7 Marcia Da Silva Rezende - Rio de Janeiro
Sou mediadora de uma criança autista e precisei me ausentar por motivo de doença,para minha surpresa a diretora ligou para a mãe do aluno informando que o mesmo não poderia ficar na escola sem a mediadora.Obs o aluno est.ar nesta escola desde 2 anos de idade hoje ele tem 7 anos e eu estou com ele há 1 ano e 4 meses.Gostaria de saber baseado em que lei a escola pode fazer isso. Fico no aguardo.abçs
14/06/2013 13:19:10


8 debora - conelio procopio parana
meu tem 6anos completara 7 em dezembro foi diagnosticado tdah e faz tratamento com neurologista desde o 4anos,estuda em escola particular e vem tendo muitas dificuldades porque as professoras nao tem preparo atendelo e por ser uma professora muito antiga nao quer aceitar mudanças,mas nao acho certo meu filho ser prejudicado porque as nao aceitam se atualizar e se adquar as novas regras estou enviando meu comentario como um desabafo e um alerta aos pais que tem filho com dificuldades escolaras procurem a escola de seu filho nao fique sem respostas
12/06/2013 15:30:23


9 Silmara Mantovani - Ourinhos
Minha filha tem 7 anos, está no 2º série na escola SESI. Ela teve paralisia cerebral no parto, tem algumas dificuldades motoras, mas anda. O problema é que ela cai quando desequilibra, e estas quedas são um risco de se machucar. Já se machucou feio, e outras machucaduras mais leves, mas meu medo é de que ela sofra algo pior, e o sesi só sabe me dar documentos para assinar para tirar o deles da reta. Poderia me orientar quanto ao que devo fazer pois eles alegam que não tem recursos humanos para acompanhar a Bianca nem ao banheiro
03/06/2013 20:25:14


10 leticia - mogi das cruzes
Meu filho tem 6 anos,ele é aspeger,estida no Pueri Domus,ele teve acompanhante em classe por 3 anos,este ano nao temos dinheiro para pagar uma acompanhante,sera que o colegio tem obrigaçao de oferecer esse tipo de ajudauma assistente em classe p ele?
27/02/2013 17:12:07


11 mlucas da silva - imperatriz
minha filha estuda a nove anos em uma escola particular,esse ano fez um teste pra ir pra escola publica e passou, mas o resultado saiu ela ja estava matriculada na particular,ela quer ficar nas duas mais a particular não quer aceitar, ta certo isso?
18/02/2013 15:59:41


12 cristiani - salvador
eu queria estudar
31/01/2013 13:52:58


13 RICARDO BARROS - Fortaleza
Tenho um sobrinho que estudou em 2012 num colégio famoso de Fortaleza chamado Dráulia Bringel, uma criança de 7 anos de idade, informei a escola que a criança é bastante enérgica, um pouco imperativo, e a escola aceitou na 1 série de ensino fundamental, onde obteve excelentes notas de aprovação,quando fui renovar a matrícula de 2013 e o diretor me chamou na sala informando que não iria renoválo pois não tinha nenhum interesse em mantelo pois alegou que a criança cuspia na professora, e disse que ele botava quem ele quizesse no colégio dele que fosse para escola pública, saiu com bastante arrogância, e procurei a dona da escola onde a mesma passou a mão na cabeça do Diretor, e descobri que era marido da mesma, e não tive nenhum acolhimento por parte dos mesmos que por diversas vezes colocaram o meu sobrinho de castigo, e por diversas vezes a criança chegou desesperada chorando, em pânico, informando que estava com medo da psicologa, irei tomar as medidas cabíveis nem que eu vá até as cortes internacionais de Direitos humanos, e de combate a exploração da criança e adolescente, estou indignado como um fato desta natureza ainda pode acontecer, constrangimento para os familiares do alunos, para setores particulares que cobram preços exorbitantes e se dizem trabalharem com educação.
17/01/2013 23:23:01


14 LUZINALDO TAVARES DE OLIVEIRA - João PessoaPB
Durante dois anos minha filha estudava numa escola da capital que aceitou ela como aluna com TDHA e DISLÉXIA, atualmente ela estava no 5ºano com 12 anos, e na matricula surgiu uma norma da escola que exige que a crinça seja incluída no 7ºano e a psicopedagoga que acompanha ela não concorda com essa posição da escola, e nós também não concordamos.Diante do impasse qual a atitude a ser tomada?
09/01/2013 17:36:00


15 Cristiane - Ponta Grossa
Meu filho tem Asperger e estuda no mesmo colégio particular desde 2010. Ele faz acompanhamento tanto com psicóloga quanto com neuropediatra. Somente agora, com a renovação da matrícula para o 2ºano do ensino fundamental a direção do colégio comunicou que, se eu não pagar uma professora a parte para acompanhálo na sala, sua matrícula poderá ser negada. Gostaria de saber se a lei permite que o colégio exija que os pais paguem uma segunda professora para meu filho. Será que esta obrigação não é da escola?
05/01/2013 20:47:10


16 Edna Silva - igarassu pe
tenho uma filha especial não anda e não fala, fui em uma escola particular a melhor do meu bairro e a unica que tem acompanhamento com psicologa e fono seria a ideal para ela .e negarão disse que a conta já estava preenchida com os alunos do ano passado. o que faço?
18/12/2012 23:35:23


17 Cristina - Rio de Janeiro
Meu filho tem 8 anos è uma criança especial o problema do meu meu filho è uma grande imaturidade emocional,è como se ele fosse uma criança de 6 anos,a gente morava fora do Brasil e là ele tinha uma pessoa na classe para poder ajudalo,alem da prof.Eu aqui no Rio fui em vàrias escolas particulares,quando eu abria a boca para falar que meu filho è especial,todas as portas se fechavam...em todas as escolas eu sempre deixei claro que alèm da mensalidade eu ia pagar uma pessoa para ajudar meu filho na classe...mesmo assim todas as escolas se recusaram a aceitar meu filho...dizendo que vagas para crianças especiais estavam cheias.Para dificultar eles aplicavam a prova para ver o nivel de conhecimento do meu filho...como uma criança especial e estrangeira que està aprendendo o portugues pode ir bem nessas provas.Posso fazer aqui o elenco das escola onde meu filho foi mal recebido...todas particulares...A unica que me recebeu bem e aceitou meu filho com uma mediadora na classe foi o COC.
12/11/2012 17:22:30


18 Cristina - Rio de Janeiro
Meu filho tem 8 anos è uma criança especial o problema do meu meu filho è uma grande imaturidade emocional,è como se ele fosse uma criança de 6 anos,a gente morava fora do Brasil e là ele tinha uma pessoa na classe para poder ajudalo,alem da prof.Eu aqui no Rio fui em vàrias escolas particulares,quando eu abria a boca para falar que meu filho è especial,todas as portas se fechavam...em todas as escolas eu sempre deixei claro que alèm da mensalidade eu ia pagar uma pessoa para ajudar meu filho na classe...mesmo assim todas as escolas se recusaram a aceitar meu filho...dizendo que vagas para crianças especiais estavam cheias.Para dificultar eles aplicavam a prova para ver o nivel de conhecimento do meu filho...como uma criança especial e estrangeira que està aprendendo o portugues pode ir bem nessas provas.Posso fazer aqui o elenco das escola onde meu filho foi mal recebido...todas particulares...A unica que me recebeu bem e aceitou meu filho com uma mediadora na classe foi o COC.
12/11/2012 17:13:44


19 fernanda moreira da silva - sao paulo
bom dia!!!!!,eu tenho um filho de 5 anos,ele esta do infantil 3 o antigo pré mas desde o ano passado ele chora muito para ficar na escola,este ano ele ficou 3 meses sem frequenta aescola pois sentia muito medo de ir a escola,depois no mes de agosto ele voltou e esta super bem com a professora nova e se adaptou na escola,e a escola ja mandou a rematricula para tds os alunos e para ele nao fui atras para ver o motivo e foi alegado q a vaga dele esta sendo analizada pois eu ja reclamei da escola para a professora ou seja estou correndo risco de ficar sem vaga para ele isso é correto?pois o ano q vem ele vai esta no 1 ano e nem sei oq fazer me ajude respondendo esta pergunta por favor.se é lei pois eu pago a escola certinho e faço td oq eles me solicita reclamo quando sei q tem alguma coisa de errado pois é o meu direito.
22/10/2012 10:30:51


20 fernanda moreira da silva - sao paulo
bom dia!!!!!,eu tenho um filho de 5 anos,ele esta do infantil 3 o antigo pré mas desde o ano passado ele chora muito para ficar na escola,este ano ele ficou 3 meses sem frequenta aescola pois sentia muito medo de ir a escola,depois no mes de agosto ele voltou e esta super bem com a professora nova e se adaptou na escola,e a escola ja mandou a rematricula para tds os alunos e para ele nao fui atras para ver o motivo e foi alegado q a vaga dele esta sendo analizada pois eu ja reclamei da escola para a professora ou seja estou correndo risco de ficar sem vaga para ele isso é correto?pois o ano q vem ele vai esta no 1 ano e nem sei oq fazer me ajude respondendo esta pergunta por favor.se é lei pois eu pago a escola certinho e faço td oq eles me solicita reclamo quando sei q tem alguma coisa de errado pois é o meu direito.
22/10/2012 10:30:10


21 ELIZABETH - SAO JOAO DA BOA VISTA
MEU FILHO TEM 7 ANOS ESTA NO 2º ANO ELE TEM TDAH E TRANSTORNO OPOSITIVO DESAFIADOR,ELE ESTUDA EM ESCOLA PUBLICA NESTE ANO DE 2012 PROCUREI ALGUMAS ESCOLAS PARTICULARES PARA ELE EM UMA DAS QUE PASSEI ALEGARAM QUE DI NÃO PODERIAM ACEITALO COMO ALUNO POIS PELA LEI A ESCOLA NÃO PODERIA TER EM UMA MESMA SALA + DE 2 ALUNOS COM TRANSTORNOS ACHO QUE FOI UMA DESCULPA PARA NÃO TELO COMO ALUNO, EM OUTRA ESCOLA ME DISSERAM QUE PARA ELE ESTUDAR LÁ TERIAM QUE TER UMA AJUDANTE EM SALA DE AULA PARA OS MOMENTOS EM QUE ELE SE DISTRAISSE PORTANTO NÃO PODERIAM ACEITALO LÁ TAMBEM.EM UMA OUTRA LIGUEI E PERGUNTEI SE HAVIA VAGAS ELES DISSERAM QUE SIM MAS, QUANDO DISSE QUE ELE ERA UM ALUNO QUE NÃO SE CONCENTRAVA MUITO E QUE EU PRECISAVA FALAR COM O RESPONSAVEL LOGO ME DISSERAM QUE NÃO TINHAM + A VAGA , ME SENTI MUITO TRISTE E HUMILHADA. GOSTARIA DE SABER SE ESSAS ESCOLAS TEM O DIREITO DE FAZER ISSO COM AS CRIANÇAS.
13/10/2012 16:18:59


22 ELIZABETH - SAO JOAO DA BOA VISTA
MEU FILHO TEM 7 ANOS ESTA NO 2º ANO ELE TEM TDAH E TRANSTORNO OPOSITIVO DESAFIADOR,ELE ESTUDA EM ESCOLA PUBLICA NESTE ANO DE 2012 PROCUREI ALGUMAS ESCOLAS PARTICULARES PARA ELE EM UMA DAS QUE PASSEI ALEGARAM QUE DI NÃO PODERIAM ACEITALO COMO ALUNO POIS PELA LEI A ESCOLA NÃO PODERIA TER EM UMA MESMA SALA + DE 2 ALUNOS COM TRANSTORNOS ACHO QUE FOI UMA DESCULPA PARA NÃO TELO COMO ALUNO, EM OUTRA ESCOLA ME DISSERAM QUE PARA ELE ESTUDAR LÁ TERIAM QUE TER UMA AJUDANTE EM SALA DE AULA PARA OS MOMENTOS EM QUE ELE SE DISTRAISSE PORTANTO NÃO PODERIAM ACEITALO LÁ TAMBEM.EM UMA OUTRA LIGUEI E PERGUNTEI SE HAVIA VAGAS ELES DISSERAM QUE SIM MAS, QUANDO DISSE QUE ELE ERA UM ALUNO QUE NÃO SE CONCENTRAVA MUITO E QUE EU PRECISAVA FALAR COM O RESPONSAVEL LOGO ME DISSERAM QUE NÃO TINHAM + A VAGA , ME SENTI MUITO TRISTE E HUMILHADA. GOSTARIA DE SABER SE ESSAS ESCOLAS TEM O DIREITO DE FAZER ISSO COM AS CRIANÇAS.
13/10/2012 16:18:31


23 MARIA - sao paulo
Estou com o mesmo problema com meu filho, ele tem 4 anos, tem paralisia cerebral, é cadeirante e não fala. As escolas particulares não estão aceitando ele, e algumas só aceita com o Tutor, foi até a delegacia do ensino e me disseram que não podem obrigar a escola a aceitálo e que deveria procurar as ascolas da prefeitura, pois estão com um programa de inclusao muito bom. Eu ainda nao sei o que fazer
20/09/2012 11:36:15


24 Jane - Rio de Janeiro
Essas escolas estão precisando de um bom profissionalou melhor esses profissionais é que precisam de inclusão.
14/08/2012 21:37:07


25 GEDEAO NONATO DA SILVA - BRASÍLIA/DF
Tenho um filho de DDA e NÃO insistiria em mantêlo em Escola Particular que sinaliza não atender alunos diferentes pelo seguinte motivo: Se a escola não está adaptada para este tipo de atendimento, não vou apresentar meu filho como `COBAIA` para sofrer. É preciso que esta escola se adeque e,também, o ESTADO que tanto obriga, faça a sua parte oferecendo cursos e treinamentos para estes profissionais. As faculdades e seus currículos também adaptem seus cursos para este MAL DO SÉCULOpois nunca ouvi e li tando sobre esses males, Bullying, Tdah, Tda, TAF..
01/08/2012 09:13:27


26 raquel fernandes - rio de janeiro
boa noite,minha filha tem sete anos e depois de muita peregrinação consegui ter o diagnóstico de autista com alto funcionamento.ela estudava em escola especial e a médica disse que seria melhor a minha filha estar em escola regular.quero muito que minha filha estude em escola particular junto da irmã,só que o que vejo são pessoas negando vagas para crianças especiais.gostaria muito de saber se as escolas particulares são obrigadas a aceitar a criança especial.agradeço desde já
04/04/2012 22:52:14


27 vivianne felix - garanhuns
eu tenho uma prima que tem dda, e estuda em um colegio particular, onde o mesmo que reprovala por não atingir a media do colegio. gostaria de saber se o colegio pode reprovala, e ainda cobrar um salario por fora para que minha prima continui a estudar no mesmo, com uma professora só para ela. a diretora do colegio disse que não poderia passala de ano pois as colegas delas iriam ficar constrangidos ao ver notas baixas e saber que ela não sabe de nada. ai me pergunto e ela? como explicar? eles são normais n~eo é mais facil para eles entenderem, do que ela? estou muiiito chateado com o colegio e se não tiver solução, irei para justiça. desde já agradeço!
27/01/2012 19:27:09


28 Maria Eduarda - São Paulo
Meu filho estudava na Escola Pueri Domus, Unid Verbo Divino desde 2005 06 anos de idadeÉ aluno de inclusão, TDAH e síndrome de asperger. No primeiro semestre de 2011 12 anos de idade, seu rendimento baixou e arrumava desculpas para não ir a escola, um amigo de meu filho se sentiu incomodado com o fato e filmouo dentro da sala de aula com professor presente sofrendo bullying por outras 3 crianças, já havia falado com a coordenadora do fund II sobre o que estava acontecendo, nada fizeram,inclusive quando ele falava para ela o que acontecia a ele, ela dizia: ...não é isso que esta acontecendo, tudo isso é criação da sua cabecinha!!!.... tentei mostrar o video para a coordenadora e diretora da instituição, falaram que não precisavam ver, se omitiram, negligenciaram a situação. Depois de exigir, da coordenadora uma atitude, solicitei por indicação da assistente de setor a mudança de classe para a turma B que era mais tranquila, meu filho voltou a estudar e passou de ano, foi aprovado. Em dez/2011 fui informada na tesouraria da escola que não poderia fazer a matricula dos meus dois filhos 13anos 7 anos e que o motivo segundo a diretora são os pais até o momento, a escola não se pronunciou formalmente para conosco. Cabe ressaltar, que pago a escola em dia, tenho o comprovante de quitação, estou com meus filhos desde 2005 nesta escola e agora é que os pais são ruins?????
27/12/2011 14:50:51


29 Sônia - Rio de Janeiro
Meu filho é aluno de inclusão. Em 2009 foi rotulado pela psicóloga e todos os professores em um Cons.Classe da escola como sendo uma planta, sem contéudo, não absorvia nada,era apático e não reagia, e que o colocasse em uma escola mais fraca. A diretora autoritária e já cansada de minhas reivindicações quantos aos direitos do aluno que tem DISLEXIA E DDA, também o chamou de improdutivo. Como a discriminação não parava por alí, resolvi fazer um RO e levar o caso ao MP. Isso faz mais de um ano, e só agora fui chamada para conversar com a assistente social do MP. Nesse período, meu filho foi reprovado, além da retenção dele ainda se recusavam a renovar a matrícula p/2011, tive que ameaçar ir de novo a delegacia. Porém depois de não ter me curvado diante do excesso de poder da escola, este ano de 2011 foi um dos piores que eu vivi junto com meu filho, o ódio da escola aumentou ainda mais, pois o MP concorda que de fato houve negligência na abordagem com meu filho em sala de aula. Mas mesmo assim, a direção tenta me intimidar, alegando que caso eu insista em deixar meu filho ir p/o ensino médio em 2012, que ele não vai ter nenhuma assistência dos coordenadores, e que o ens.médio é pauleira, e destinado exclusivamente para alunos que irão prestar o vestibular. Resumindo Chamou de novo o meu filho de incapaz e fracassado. Não me intimido fácil, e não é o meu filho que é um aluno exemplar que tem que se retirar da escola da escola, mas a escola é que tem que demitir os irresponsáveis, procurar se qualificar se não quiserem problemas com a justiça, no mínimo se retratarem p/o meu filho, e cumprirem a lei inclusão e do ECA. Porém não sei se é crime ou não, se recusarem a renovar a matrícula apenas por que meu filho tem que ter uma abordagem distinta dos outros alunos. Sem falar que tenho dois filhos na escola, e caso saia um, logicamente não haveria mais clima para deixar o outro. E meus dois filhos não querem sair, já estão lá faz 4 anos, isso é COVARDIA ! Não tem outra instituição que queira aluno de inclusão, iria me causar um problema sério tendo que procurar trasnp. Escolar, e isso leva tempo. Ou seja só aborrecimento. Alguém poderia me dizer se posso insistir na renovação do meu filho, e continuar fazendo as reivindicações a que meu filho tem por direito no ensino médio? Pois a lei não determina até que ano que ela deve vigorar, mas que o aluno receba a atençaõ direcionada ao tipo de transtorno apresentado, que no caso do meu filho é o tipo de transtorno mais rotineiro que se vê diariamente em sala de aula. O problema está no corpo docente um tanto quanto indecente, incapacitados e preguiçosos. Alguém poderia me dizer se afinal é crime ou não ? Desde já agradeço, Atenciosamente, Sônia.
06/11/2011 17:37:03


30 Rosa - z
Minha filha estuda em um colégio particular desde a 2ª série. Agora está na 5ª série e está com acompanhamento psicopedagógico desde a 4ª série. Após a visita da psicopedagoga na escola,a mesma solicitou que as provas fossem dadas em dois momentos, a escola enviou a família uma carta, dizendo que não seguiria as orientações e que nós família, tinhamos uma alta expectativa com relação a criança, enfim, outros dizeres que nos deixou perplexos e praticamente convidou a retirada da aluna da escola. Não estão levando em consideração os anos que a mesma passou na escola, os vículos que construiu. Como devemos agir? Obrigada.
06/06/2011 08:43:59


31 lucilene nogueira - taboao da serra
oa noite tenho uma filha com paralesia celebral, ela esta na quarta sere,no ano que vem ela vai para o ensino fundamental,só que ela não é caderante e não fala direito e a diretora disse que ela vai para a escola do estado e que não tem lei para uma adi nas classes e ela vai ter que se virar sozinha,sou muito leiga no assunto lei e escola,só que minha filha não tem como fazer o ensino fundamental com 9 professores e ninguem para ajudala a ir e vir para os lugares, tipo banheiro, patio etc.estou procurando uma escola particular mas não consigo nada.vi esse site e gostaria muito de uma ajuda,não sei se estou no site certo.mas com o pouco que li acho que vou ter alguma resposta obrigado pela atenção.
15/03/2011 22:51:13


ENVIE SEU COMENTÁRIO

Preencha todos os dados abaixo e clique em Enviar comentário.



(seu e-mail não será divulgado)


Os conceitos e opiniões emitidos em artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores.