Logotipo do Planeta Educação

Fazer busca detalhada


placeholder for flash movie

Dicas de Navegação
João Luís de Almeida Machado Doutor em Educação pela PUC-SP; Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP); Professor Universitário e Pesquisador; Autor do livro "Na Sala de Aula com a Sétima Arte – Aprendendo com o Cinema" (Editora Intersubjetiva).

Quer conhecer a rica biodiversidade brasileira? -
Vá a Base de Dados Tropical

Biodiversidade

www.bdt.fat.org.br

Área essencial para a compreensão do planeta em que vivemos e para a preservação do mesmo, a Biologia, assim como os demais ramos das ciências naturais tinha que contar com apoios de qualidade na internet. Num país onde a pesquisa é pouco incentivada e, em contrapartida, o meio ambiente é rico e diversificado sendo tema de debates mundiais, as áreas de estudo dos animais, das plantas, dos seres microscópicos e de ecossistemas inteiros necessita de empreendimentos culturais que nos permitam conhecer melhor a riqueza e a variedade biológica que existe em nosso território.

Para preencher eventuais lacunas e permitir essa compreensão desejada da vida que povoa nossos campos e florestas, recomendo o site Base de Dados Tropical (www.bdt.fat.org.br). Nesse espaço virtual encontramos links que nos levam aos seguintes conteúdos:-

a) Áreas do Conhecimento - onde são apresentadas informações sobre ramificações das ciências biológicas como a zoologia, a ecologia, a botânica, a bio-tecnologia, a paleontologia e a microbiologia.
b) Classificação Geográfica - que tem como objetivo nos apresentar e classificar os ecossistemas predominantes nas várias regiões e estados brasileiros.
c) Biomas - Centra suas atenções na descrição e caracterização dos biomas, ou sejam, espaços terrestres que apresentam uma mesma cobertura vegetal (decorrente das condições naturais próprias das localidades em questão).
d) Conservação - Projetos brasileiros e internacionais relacionados à conservação do meio ambiente e das espécies animais e vegetais que neles sobrevivem são apresentados para os internautas. O que se busca é qualidade de vida sem risco ou com baixa probabilidade de prejuízos para o ambiente.
e) Desenvolvimento Sustentável - estudos e textos desenvolvidos em workshops são apresentados para que o visitante tenha acesso a ações patrocinadas pelo governo e por entidades da sociedade civil em relação à proteção da biodiversidade brasileira; além dessa prioridade, busca-se montar parcerias que viabilizem a exploração racionalizada dos recursos provenientes dessas regiões que se pretende manter.
f) Ecossistemas específicos - são apresentados espaços biológicos específicos, caracterizados pela sua auto-suficiência e pela variedade muito própria, muito específica de seres vivos que neles residem.
g) Diversidade de Espécies - Destaca a imensa riqueza em termos de biodiversidade encontrada no Brasil, criando canais para que possamos conhecer a fauna, a flora, a microbiota e as espécies ameaçadas.
h) Legislação - O site nos possibilita conhecer os códigos legais que regulamentam questões fundamentais nas áreas de biossegurança, acesso a recursos genéticos, a proteção do meio ambiente e a convenção sobre a diversidade biológica.
i) Referências bibliográficas e publicações - Apresenta um compêndio que reúne todas as referências apresentadas nos diversos artigos e bancos de dados disponibilizados no site.

Na medida em que entramos em todos esses atalhos o que podemos ver é um site bem organizado, atualizado e que dispõem de material rico para quem pretende se informar a respeito dos temas privilegiados pelos mantenedores desse endereço eletrônico.

Por exemplo, quando acessamos a parte dedicada à informação científica, voltada especificamente para a Botânica, encontramos caminhos que nos levam a elementos de identificação botânica, definições relativas a Fitoterápicos (plantas medicinais), cadastro da flora do cerrado do estado de São Paulo, um mapeamento das Florestas e reservas de extração de madeira além de muitas outras ocorrências e informações.

Na área de classificação geográfica, ao entrarmos nos setores destinados a averiguação das condições naturais da região Nordeste do Brasil, encontramos um artigo sobre Ações Prioritárias para a Conservação da Biodiversidade da Mata Atlântica do Nordeste, artigo que apresenta informações sobre mamíferos, répteis, pássaros, insetos e outros animais, além de dados sobre a cobertura vegetal (Mata Atlântica) que ainda persiste e merece atenção dos pesquisadores quanto à questão da preservação (infelizmente para alguns esse artigo encontra-se em inglês). Pude constatar que as outras regiões também são apresentadas com materiais voltados para exames da região, de suas características naturais e de propostas para a defesa e proteção do meio-ambiente principal de cada uma delas.

Na área reservada aos Biomas tive a curiosidade de visitar a página relativa ao cerrado. Há 3 artigos voltados para o exame desse ecossistema existente no Brasil, um deles examina os impactos do processo de ocupação de áreas que apresentam tal configuração, outro se preocupa em registrar as espécies vegetais próprias dessa paisagem, além delas é disponibilizada uma lista de discussão de um workshop sobre ações prioritárias para a conservação local. Há outros links que nos ligam a dados sobre a flora, a fauna, a workshops tematizados nesse assunto e a organizações não governamentais especializadas no cerrado brasileiro. Proposta semelhante é apresentada para tratar dos outros biomas típicos do nosso país (em algumas há mais artigos e links que em outras).

Na área de Conservação são apresentados dois links para os artigos: in situ e ex situ. No primeiro, in situ, a prioridade é dada para o exame das unidades de conservação e sua sistematização. No segundo, ex situ, o objetivo passa a ser criar "coleções" ou catalogar a fauna, a flora e os seres microscópicos. Além disso disponibiliza-se um caminho para áreas e ações prioritárias estudadas em workshops (conservação, estudo da diversidade, criação de convenções internacionais para as áreas em estudo, legislação,...).

No setor voltado para o Desenvolvimento Sustentável os links nos levam a artigos sobre a valoração da biodiversidade e indicadores da biodiversidade. Além desses atalhos, na página inicial desse caminho encontramos mais artigos centrados em textos, documentos e estudos produzidos em parceria com institutos governamentais e a iniciativa privada voltados para a proteção ambiental e estudo da biodiversidade.

As mesmas ferramentas utilizadas em relação aos canais anteriormente descritos aparecem em relação ao link que nos liga a Ecossistemas Específicos (onde podemos pesquisar temas como mata ciliar, mangues, agroecossistemas, ambiente dulciaquícola e matas semidecíduas/decíduas) e a Diversidade de Espécies (fauna, flora, microbiota e espécies ameaçadas).

Pela grande quantidade de recursos, preocupação com o meio-ambiente e apresentação de informações sobre a biodiversidade nacional, a Base de Dados Tropical representa um site importante para os interessados em pesquisar a biologia e suas especialidades.Vale a pena consultar!

Avaliação deste Artigo: 3 estrelas
COMPARTILHE

DeliciusDelicius     DiggDigg     FacebookFacebook     GoogleGoogle     LinkedInLinkedIn     MySpaceMySpace     TwitterTwitter     Windows LiveWindows Live

AVALIE O ARTIGO





INDIQUE ESTE ARTIGO PARA UM AMIGO










2 COMENTÁRIOS

1 Nataly Nunes Slivak - Porto Alegre
Olá, parabens pelo artigo. Mas nao consigo acessar a pagina do BDT, preciso de umas informaçoes importantes para o meu projeto e nao entra de jeito algum.Obrigada
02/06/2011 16:12:03


2 MARCIO LEANDRO DE LIMA - cruz alta RS
eu adorei esse comentario sobre a biodiversidade do brasil me ajudou muito nas minhas pesquisas escolar
14/07/2009 22:07:20


ENVIE SEU COMENTÁRIO

Preencha todos os dados abaixo e clique em Enviar comentário.



(seu e-mail não será divulgado)


Os conceitos e opiniões emitidos em artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores.